Delegado de O Cravo e a Rosa: como está o ator Paulo Hesse?

Ator completou 80 anos de idade em 2022

Paulo Hesse interpretou Sansão, o delegado de O Cravo e a Rosa. Depois de mais de duas décadas da exibição original da trama, o ator está sumido das telinhas e há anos não trabalha mais na teledramaturgia. Hoje, ele vive no anonimato.

Por onde anda o delegado de O Cravo e a Rosa?

Delegado de o cravo e a rosa hoje
Paulo hesse completou 80 anos em 2022 – foto: reprodução/redes sociais

O ator Paulo Hesse, o delegado de O Cravo e a Rosa, não trabalha mais como ator desde 2008. O artista abandonou a carreira artística e não há informações sobre o que ele fez depois de deixar a televisão. Atualmente, o famoso tem 80 anos de idade.

Antes de iniciar a carreira na televisão, o ator já se dedicava ao teatro e ao cinema. Sua primeira aparição em folhetins foi na década de 70, quando participou de Venha Ver o Sol Nascer na Estrada, da Record.

A partir de 1975, o ator passou a trabalhar em novelas da Rede Tupi, incluindo títulos como O Machão (1974), Cinderela 77 (1977), Salário Mínimo (1978) e Gaivotas (1979). Participou ainda de produções da Bandeirantes, SBT e TV Cultura.

Paulo Hesse transitou bastante entre as emissoras durante sua carreira. Seu primeiro papel na Globo foi em 1979, quando fez uma pequena participação em Carga Pesada. Em 1984, esteve na minissérie Anarquistas, graças a Deus.

O ator continuou trabalhando na Globo nos anos seguintes em paralelo com trabalhos em outras emissoras. Rabo-de-Saia (1984), Selva de Pedra (1986) e Mandacaru (1997) foram algumas das novelas em que esteve.

Em 2000, ganhou destaque ao interpretar Sansão, o delegado de O Cravo e a Rosa. O ator tinha 60 anos na época que viveu o oficial responsável por prender o professor Edmundo ( ngelo Antônio).

Depois, fez uma pequena participação em Desejos de Mulher, novela de 2002. Quatro anos mais tarde, interpretou Laranjeira em Paraíso Tropical (2007), folhetim que foi reprisado recentemente no canal Viva – esse foi seu último trabalho na Globo. Encerrou a carreira na TV em 2008, estando por último na novela Água na Boca.

No cinema, ele já havia parado de atuar em 2002, quando participou do longa-metragem Bellini e a Esfinge. Ele também teve uma extensa carreira no teatro, onde atuou em mais de trinta peças.

Quando termina a novela em 2022?

A reprise da novela O Cravo e a Rosa está prevista para terminar em outubro, conforme apurado pelo Notícias da TV. A Globo já começou a pensar em qual trama vai substituir a história de Walcyr Carrasco.

É possível que outro folhetim do horário das 18h escrito pelo autor entre para substituir a trama de Catarina (Adriana Esteves) e Petruchio (Eduardo Moscovis). Chocolate com Pimenta, exibida em 2003, é uma das cotadas para a grade vespertina. A história foi um grande sucesso em sua exibição original e já foi reprisada outras duas vezes no Vale a Pena Ver de Novo.

Outros títulos cotados pela emissora são Caras & Bocas (2008) e Cheias de Charme (2012). Cabocla (2004) chegou a ser considerada a favorita para suceder O Cravo e a Rosa, mas acabou ficando de fora da lista já que a emissora quer continuar com as tramas com apelo humorístico.

A partir do próximo mês, o público começa a relembrar o desfecho das histórias do folhetim de época, incluindo o casal protagonista, Edmundo, preso duas vezes pelo delegado de O Cravo e a Rosa, Bianca (Leandra Leal), Marcela (Drica Moraes), Heitor (Rodrigo Faro) e demais personagens.

A edição especial de O Cravo e a Rosa vai ao ar de segunda a sexta, às 14h30, horário de Brasília, na Globo. Por ser uma novela antiga, todos os episódios estão disponíveis para os assinantes do Globoplay.

Veja também:

Novela Pantanal: morte, golpe e romance; o que ainda vai acontecer

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.