Leopoldina de Bragança: 5 curiosidades sobre a princesa

Nos Tempos do Imperador tem abordado a vida da garota.

Leopoldina de Bragança tem tido cada vez mais espaço em Nos Tempos do Imperador. A trama da personagem durante a vida adulta tem despertado o interesse do público sobre o que aconteceu com a princesa nos livros de história e por isso separamos uma lista com algumas curiosidades!

Qual é o nome da princesa Leopoldina?

Conhecida por nomes encurtados ou seus títulos: como princesa Leopoldina, Leopoldina de Bragança ou Duquesa de Saxe, a filha de Dom Pedro II tinha um nome bem comprido e pouco mencionado de forma completa. Ela se chamava Leopoldina Teresa Francisca Carolina Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon.

Ela foi fruto do casamento do imperador com Teresa Cristina de Bourbon-Duas Sicílias, filha de Francisco I e a segunda esposa do rei italiano, Maria Isabel De Bourbon.

Curiosidades de Leopoldina de Bragança – Renunciou ao título de princesa

Depois que se casou com o príncipe alemão Luís Augusto de Saxe-Coburgo-Gota, a filha de Dom Pedro II e Teresa Cristina renunciou ao seu título de princesa no Brasil e se tornou Duquesa de Saxe. Como os irmãos homens de Leopoldina haviam morrido na infância, Afonso Pedro e Pedro Afonso, a renúncia da garota fez com que Isabel se tornasse a única herdeira do trono.

princesa
Princesa nasceu no Palácio de São Cristóvão, no Rio de Janeiro – Foto: Wikipedia Commons/Reprodução

Leopoldina só podia ser visitada uma vez por semana

De acordo com o Aventuras na História, Leopoldina de Bragança só podia receber visitas ou participar de festas aos domingos. Os demais dias da semana eram reservados aos estudos.

Tanto Leopoldina quanto Isabel eram cultas e recebiam aulas altamente qualificadas sobre diversas áreas de conhecimento, além de aprenderem muitas línguas diferentes.

Trocou de pretendente com a irmã

A ideia inicial de Dom Pedro II não era que Leopoldina se casasse com Luís Augusto, o príncipe estava destinado a trocar alianças com Isabel. No entanto, depois que Isabel, Leopoldina de Bragança, Gastão de Orleans e Luís Augusto de Saxe se encontraram, a química falou mais alto e os casais resolveram fazer uma troca.

Depois da aprovação do imperador, Leopoldina então resolveu se casar com Luís Augusto e Isabel ficou com Gastão. Ambas as cerimônias de casamento aconteceram em outubro de 1864.

leopoldina e marido
Casamento não foi longo – Foto: Wikimedia Commons/Reprodução

Filhos de Leopoldina de Bragança nasceram no Brasil

Depois que se casou com Luís Augusto, Leopoldina ficou dividida em morar no Brasil e na Europa. A moça passou a viver em outro continente, mas sempre voltava ao Brasil quando estava prestes a dar a luz, para que as crianças nascessem nas Américas.

Pedro Augusto, José Fernando, Augusto Leopoldo nasceram no Palácio Leopoldina, na Quinta da Boa Vista no Rio de Janeiro, uma residência ao lado do palácio de Dom Pedro II. Luís, o filho mais novo do casal foi o único que nasceu na Europa. Cansados da dinâmica exaustiva, o casal decidiu não viajar ao Brasil e o parto do menino aconteceu na Áustria, país da avó de Leopoldina.

filhos
Pedro Augusto, José e Augusto Leopoldo – Foto: Wikimedia Commons/Reprodução

Leopoldina de Bragança morreu jovem

A filha de Dom Pedro II morreu aos 23 anos de idade, em fevereiro de 1871. A nobre ia completar 24 em julho daquele ano e alguns meses depois faria 7 anos de casada.

Ela foi vítima da febre tifóide e teve alucinações e convulsões severas em seus últimos momentos. Ela ficou doente por ingerir água contaminada na cidade de Viena, na Áustria, local em que morava na época.

Apesar de morrer na Áustria – na época o imperador austríaco Francisco José I declarou luto oficial de 30 dias por causa da morte da brasileira – o corpo de Leopoldina de Bragança foi sepultado na Igreja de Santo Agostinho, em Coburgo na Alemanha, país de origem de Luís Augusto.

Relacionado – Dom Pedro II foi expulso do Brasil?

Você pode gostar também
buy cialis online