O que Levi faz com a Muda em Pantanal: jovem corre risco de vida

Peão diz que vai matar a jovem e Tibério após descobrir que eles estão juntos

Levi (Leandro Lima) não vai aceitar o clima de romance entre Muda (Bella Campos) e Tibério (Guito) em Pantanal. O vilão vai sequestrar a jovem depois de tentar matar Alcides (Juliano Cazarré), mas Juma (Alanis Guillen) chegará a tempo de atirar no vilão. Veja o que Levi faz com a Muda nos próximos capítulos da novela.

O que Levi faz com a Muda nos próximos capítulos de Pantanal?

Levi tenta sequestrar Muda na novela. Depois de atirar em Alcides, ele segue para a fazenda para tentar fazer com que a jovem siga viagem com ele.

Ao escutar o peão dizendo que quer ela ‘suba na garupa dele’, Muda diz que não irá com ele para lugar nenhum. Enquanto Levi estava na fazenda de Tenório, ela começou a corresponder ao interesse de Tibério, que já declarou o seu amor pela jovem.

“Eu não vou pra canto nenhum”, diz ela, em pânico. “Ocê vai, Rute”, fala ele. “Eu já disse que não vou, Levi!” “E eu digo que ocê não tem escolha!”, mostrando a faca.

Sob ameaça de esfaquear a garota, Levi obriga Muda a subir no barco com ele para que os dois possam fugir. “Pra onde é que ocê tá me levando?”, pergunta ela. “Não sei… O que importa é que estamos juntos .”

Muda será salva por Juma, que vai atirar no braço do vilão para que ele solte a faca. Mesmo ferido Levi consegue fugir, mas no meio do caminho ele encontra Tibério e Trindade. A embarcação do vilão capota e ele cai em um rio cheio de piranhas.

Tibério vai tentar salvar o colega: “Para de besteira, homem… Dá a mão… Ocê tá sangrando muito… Dá a mão! Anda!”. Mesmo assim, Levi vai recusar se entregar e morrerá devorado pelos peixes ferozes.

Final muda novela pantanal
Muda (bella campos) na novela pantanal – foto: reprodução/globo

 

Leandro Lima se despede de Pantanal

Com a morte de Levi na próxima segunda-feira, o ator Leandro Lima se despede do personagem e da novela. As cenas foram gravadas em várias etapas e demoraram quatro horas para serem rodadas.

“O mais difícil manter energia em cima por horas, ficar dentro da água com bota é dificuldade física que não é nada perto da dificuldade emocional”, disse o ator em entrevista ao Gshow. “Fiquei um tempo nadando de bota, mas o mais impressionante do olhar técnico foi isso. Não teve ensaio, foi todo um planejamento seguido”.

Para o momento em que o barco de Levi vira na água, foi um dublê quem fez a cena. Depois, o próprio Leandro se jogou na água para gravar a morte do personagem.

Para o ator, o destino do vilão foi mais do que justo. “É justo pelo o que ele faz até ali e é importante mostrar que uma relação que começa tóxica dificilmente se reverte em algo bom. O Levi nos mostra que ações tem consequências, mesmo eu sofrendo um pouco de saber que ele não está até o fim da novela”, finalizou.

+ Alcides em Pantanal sobrevive, mas ainda vai enfrentar castração

Você pode gostar também