Oscar 2021: documentário sobre Héctor Babenco representará o Brasil

‘Babenco: Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou’, documentário de Bárbara Paz sobre o cineasta foi escolhido pela Academia Brasileira de Cinema como representante do país ao Oscar 2021

A Academia Brasileira de Cinema anunciou a decisão de indicar o documentário ‘Babenco: Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou’ como representante do Brasil no Oscar 2021. Lançado em 2019, o longa-metragem foi dirigido, produzido e roteirizado por Bárbara Paz, atriz e esposa de Héctor Babenco.

Saiba mais sobre o filme abaixo:

Qual o enredo do documentário?

Indicado ao Oscar 2021, O documentário ‘Babenco: Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou’ busca investigar a produção artística realizada por Héctor Babenco, cineasta argentino naturalizado brasileiro. A ideia de Bárbara Paz, diretora da obra, foi criar um paralelo ‘poético’ entre os trabalhos de Babenco e o câncer, doença enfrentada pelo cineasta.

Como resultado da missão de Paz, o longa-metragem indicado ao Oscar 2021 é uma síntese afetuosa e bela da figura importante para o cinema brasileiro. O longa alterna suas cenas entre depoimentos, “fabulações” e momentos relativos á história de Babenco. Certamente, são essas características e a visão artística que renderam à Bárbara Paz o prêmio de melhor documentário pelo Festival Internacional de Cinema de Veneza.

Em entrevistas na época do lançamento, Bárbara Paz explicou mais sobre a proposta do documentário: “O filme é um poema visual, minha ode para Hector, mas também é minha despedida para ele.”

Quem é Héctor Babenco?

Nascido na Argentina e naturalizado brasileiro, Héctor Babenco certamente é um dos cineastas mais importantes do cinema nacional. Sua obras como Pixote, a Lei do Mais Fraco e Carandiru tornaram-se alguns dos melhores filmes já produzidos no setor audiovisual do Brasil. Mas, talvez, sua obra mais conhecida seja o filme O Beijo da Mulher Aranha, que recebeu indicação ao Oscar de Melhor Direção em 1986.

Considerando o seu impacto na cultura, não é de se espantar que o diretor seja foco da indicação da Academia Brasileira de Cinema ao Oscar 2021. Até ser escolhido como a indicação oficial do Brasil ao Oscar, o documentário  disputou em uma votação com outros 18 títulos, mas saiu vitorioso.

Trailer do documentário indicado ao Oscar 2021

Clique aqui e confira outras possíveis indicações ao Oscar 2021

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.