Polêmicas Emily em Paris: entenda por que a série irritou espectadores ao redor do mundo

A série Emily em Paris ganhou fãs ao redor de todo o mundo. Conheça um pouco mais sobre as polêmicas em torno desse título da Netflix.

Recentemente, a Netflix lançou Emily em Paris e o sucesso que a série fez trouxe diversos debates e polêmicas.  As polêmicas sobre Emily em Paris têm se misturado com os elogios e artigos sobre o estilo do figurino da série. 

Apesar de ter conquistado corações,  as opiniões sobre a série ficaram dividas e a produção também gerou muitas críticas negativas por reforçar estereótipos e criar uma Paris não muito real. 

 

Sobre Emily em Paris

Antes de tudo, é importante contextualizar um pouco sobre a série. Emily em Paris conta a história de Emily, interpretada por Lily Collins, uma jovem norte-americana que é transferida para Paris para trabalhar em uma agência de Marketing. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Emily tem um estilo bem marcante e usa roupas que estão sempre na moda. Um dos pontos mais chamativos da série é a eterna Fashion Week que é a vida de Emily. 

 

Lily Collins no papel de Emily
Imagem: Netflix

Durante a trama, Emily precisa se adaptar a uma cultura completamente diferente da que ela estava acostumada, ao mesmo tempo em que precisa aprender a lidar com a sua nova chefe que não aceita a chegada de Emily.

Além dos dramas profissionais, a protagonista também precisa aprender a administrar suas relações pessoais. Amigos, paqueras e muito mais. 

De maneira geral, Emily em Paris é uma série leve de assistir e tem uma pitada de uma comédia romântica.

Polêmicas sobre Emily em Paris

De maneira geral, a série da Netflix trouxe diversos assuntos à tona, como Marketing, moda, relações de trabalho abusivas e mais. Conheça algumas das polêmicas sobre Emily em Paris:

 

Emily em uma das noites parisienses
Imagem: Netflix

Estereótipos 

Segundo alguns espectadores, a série reforça alguns estereótipos relacionados aos franceses e aos europeus.  Inicialmente, um dos estereótipos é a preguiça em trabalhar. Em um momento da série, ela se depara com o escritório abrindo às 10h da manhã. 

Apesar de o expediente francês ser um dos mais curtos do mundo, a forma como é colocada na série é considerada pejorativa por muita gente. 

Outro estereótipo que merece comentários é um dos mais antigos sobre franceses. Ao aparecer na série é a respeito da higiene dos franceses ou europeus. Emily se relaciona sexualmente com um francês que decide não tomar banho após o sexo. Isso gera estranhamento na protagonista.

Mais uma vez, a série reforça um estereótipo quando Emily se depara com a sexualidade francesa. Na série, os franceses são sem pudor em relação a sexo.

Além disso, a série traz outros estereótipos como “franceses fumam muito” ou “arrogância dos franceses”. Esses estereótipos aparecem ao longo da série em cenas rápidas e que parecem não ter muita importância para a trama.

Mas não é só isso: a série ainda traz outro estereótipo relacionados à Paris: que os parisienses estão sempre na moda e se apegam muito a isso.

 

Intolerância

Além dos estereótipos acima, uma das críticas ao redor da série é a forma ela trata os franceses em suas relações interpessoais, principalmente, no ambiente de trabalho.

Os colegas e chefes de Emily não aceitam muito bem a chegada da nova funcionária. Assim, a forma como os franceses tratam Emily é uma das polêmicas sobre Emily em Paris.

Machismo e assédio

Além disso, a série também aborda o machismo e assédio como normalidades. Emily é assediada por alguns dos clientes da agência e isso é visto como um acontecimento normal e corriqueiro.

Em um determinado momento, Emily até cai na cantada de um dos clientes. E isso gerou muita polêmica ao redor da série.

Soluções de Marketing nada criativas

Apesar de muitos profissionais de marketing citarem a série como um espelho para a área, não é bem assim. Emily apresenta soluções nada criativas ou inovadoras para a solução de problemas de marca.

Além disso, ela despreza o uso de influenciadoras em alguns momentos e, por muitas vezes, ultrapassa os limites da razão para conquistar clientes.

 

Cidade Perfeita

Apesar de Paris ser incrível, Emily em Paris coloca a capital da França como uma cidade perfeita, onde não existe nada de ruim. Paris, na série,  é como o mundo ideal, onde não há problemas.

Por isso, muitos franceses criticaram a série, chegando a falar que nem parecia que tinha sido filmada em Paris.

 

Ame ou odeie

Concluímos, assim, que a série, apesar de trazer aquele humor leve e romântico, não é uma série livre de críticas negativas e polêmicas. Certamente, as polêmicas sobre Emily em Paris são muitas, mas isso não significa que a série não seja boa. Em sua estreia, ficou entre os 10 títulos mais assistidos.

Mesmo assim, com todas as polêmicas, vale muito a pena assistir Emily em Paris. Você vai se divertir bastante!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes