Qual a história da novela Pão-Pão, Beijo Beijo, em exibição no Viva?

Trama de 1983 é protagonizada por Cláudio Marzo, Arnaud Rodrigues e Elizabeth Savala

Pão-Pão, Beijo Beijo começa a ser reprisada no canal Viva ainda neste mês. A trama escrita por Walther Negrão foi exibida no horário das 18h em 1983 e tem como ponto de partida o encontro dos três personagens protagonistas. A história da novela Pão-Pão, Beijo Beijo contrasta a rotina do subúrbio ao da classe média alta do Rio de Janeiro.

Qual a história da novela Pão-Pão, Beijo Beijo?

A história da novela Pão-Pão, Beijo Beijo começa com um acidente de trânsito em Madureira, bairro do Rio de Janeiro. A cena é protagonizada por Ciro (Cláudio Marzo), motorista de ônibus, Soró (Arnaud Rodrigues), um imigrante nordestino, e Bruna (Elizabeth Savala), uma moça de família abastada.

A trama começa a se desenvolver a partir desse encontro. Após o acidente, Ciro e Soró são demitidos de seus empregos e para ajudá-los, a família de Bruna, que é dona de uma rede de cantinas italianas, emprega os dois.

Ciro se torna secretário particular de Luiza (Maria Cláudia), irmã de Bruna, enquanto Soró vira jardineiro de Guido (Mario Benvenutti), filho de Mama Vitória (Lélia Abramo), a matriarca. Ao longo da novela, Ciro se apaixona por Bruna, mas ela não o corresponde e ainda humilha o rapaz sempre que pode.

O ex-motorista começa ascender no seu emprego e sobe de cargo. Luiza passa a se sentir atraída por Ciro e disputa a atenção dele com sua irmã, que começa a olhar o rapaz com outros olhos e também se apaixona.

O que elas não sabem é que ele tem uma irmã, Maria Helena (Monique Alves), que sofreu um acidente de carro quando era jovem e ficou paraplégica. Ele vive sob os cuidados do padrasto, mas a relação dos dois é péssima. É somente no final da novela, depois da morte do marido de sua mãe, que ele consegue cuidar da irmã como sempre desejou.

No fim da novela, Ciro pede Luiza em casamento. Bruna, que nunca deu o braço a torcer em relação aos sentimentos que tinha pelo rapaz, termina a novela sozinha.

Há também o núcleo nordestino da família de Soró. Lalá Sereno (Regina Dourado), tia do rapaz, é uma das pessoas mais marcantes da novela. Ela conhece Gígio (Laerte Morrone), se encanta, e tenta conquistá-lo de qualquer jeito.

Novelas do viva em maio 2022
Elizabeth savala (bruna), cláudio marzo (ciro) e maria cláudia (luiza) – foto: tv globo

 

Folhetim está sendo reprisado no Viva

Pão-Pão, Beijo Beijo começa a ser exibido no Viva a partir de 16 de maio, segunda-feira. Os episódios vão ao ar de segunda a sabádo, às 14h40, horário de Brasília, com reprise às 00h30. O folhetim entrou no lugar de Amor com Amor se Paga.

Marimar, as temporadas de 1997 e 2009 de Malhação, O Beijo do Vampiro, Páginas da Vida e Alma Gêmea seguem na grade do Viva.

Marimar – De segunda a sexta, às 09h35, 20h35 e 03h, horário de Brasília. Os sábados, os episódios são reprisados às 07h30.
Malhação 1997 – De segunda a sexta, às 11h30, 16h15 e 02h00, horário de Brasília.
Malhação 2009 – De segunda a sexta, às 12h00, 16h40 e 02h30, horário de Brasília.
Pão-Pão, Beijo Beijo – De segunda a sábado, às 14h40 e 00h30, horário de Brasília.
O Beijo do Vampiro – De segunda a sábado, às 12h45 e 01h15, horário de Brasília. Aos domingos, os episódios são reapresentados entre 08h e 11h45.
Páginas da Vida – De segunda a sábado, às 13h35, horário de Brasília, com reprise às 22h55. Aos domingos, o público pode maratonar os episódios entre 18h e 22h45.
Alma Gêmea – De segunda a sábado na faixa das 15h00, com reprises diárias às 23h45. Aos domingos, os capítulos exibidos na semana são reprisados a partir das 12h30.

+ 13 atores da novela Pão Pão, Beijo Beijo que já morreram

Você pode gostar também