Qual foi a causa da morte de Solano López?

Em Nos Tempos do Imperador, general paraguaio é interpretado por Roberto Birindelli

Solano López é uma das figuras históricas retratadas em Nos Tempos do Imperador. O ditador paraguaio é antagonista de Dom Pedro II (Selton Mello) e vai se opor ao imperador. Na vida real, ele morreu durante a Batalha de Cerro Corá, e ainda não se sabe se o confronto será retratado na novela. Qual foi a causa da morte de Solano López?

Qual foi a causa da morte de Solano López?

Francisco Solano Lopez ficou conhecido por um dos momentos mais sangrentos da história da América do Sul: a Guerra do Paraguai, travada entre o país de Solano e a Tríplice Aliança, união de Brasil, Argentina e Uruguai.

O ditador acabou sendo morto durante a Batalha de Cerro Corá, a última da Guerra do Paraguai. Foi nessa ocasião que o general foi morto: durante a luta, ele acabou sendo cercado pelos soldados brasileiros, mas negou a se render. Ele foi feriado por uma lança, mas conseguiu fugir para a mata. Ao ser encontrado novamente, ele foi acertado por um tiro no coração, disparado por um dos integrantes do exército do Brasil. Ele morreu em 1 de março de 1870 em Cerro Corá, no Paraguai.

Solano em Nos Tempos do Imperador

Na novela, Solano López é interpretado por Roberto Birindelli. Desde o primeiro momento, a interação entre o imperador brasileiro e o general paraguaio não é das melhores.

O general ameaça Pedro, que diz que “o Brasil jamais se curvará a um ditador”.  O presidente do Paraguai é movido por com uma descomunal sede de poder.

Por ser um admirador de Napoleão Bonaparte, ele almeja repetira saga expansionista do governador francês. É assim que ele decide invadir a província do Mato Grosso, dando início a Guerra do Paraguai.

Solano Lopez Nos Tempos do Imperador
Solano é um dos nomes mais conhecidos das Américas e é interpretado por Roberto Birindelli na novela Foto: Domínio Público/TV Globo
Você pode gostar também