Saiba quanto custa um comercial no Jornal Nacional

Veja os valores para anunciar na TV Globo e saiba quanto custa um espaço durante o Jornal Nacional.

O Jornal Nacional, telejornal mais assistido do Brasil, tem o comercial mais caro da TV brasileira. Isso porque, a Globo atualizou os valores de seus espaços comerciais e colocou o informativo no topo de valorização para 2021. Para anunciar sua marca por 30 segundos no intervalo da atração, é preciso desembolsar R$ 852.000, cerca de R$ 4,5 mil a mais que em 2020. As informações são de acordo com o painel de valores da Globosat.

De acordo com a Veja São Paulo, em edição do dia 5 de janeiro de 2021, o aumento na tabela de preços da Globo surge após o Jornal Nacional criticar a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em meio à pandemia de Covid-19 e a alta dos números de mortes e internações no Brasil. Para a crítica, a emissora abriu um editorial gigantesco com falas longas dos âncoras William Bonner e Renata Vasconcellos.

Mas o anunciante que deseja economizar no bolso não foi esquecido pela emissora carioca. Eles podem recorrer aos comerciais de apenas 6 segundos que custam 341.000. O valor é válido de segunda a sexta-feira para filmes publicitários curtos e objetivos.

Os valores podem ser consultados em https://portalglobosat.force.com/pricelist.

Comercial no Jornal Nacional

Não apenas essas duas modalidades, mas a Globo disponibilizou o ‘break exclusivo’, que é o intervalo entre a primeira aparição dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos e o início do telejornal, quando a emissora exibe uma peça publicitária solo e destacada.

As marcas que se interessarem em adquirir o ‘break exclusivo’ precisam desembolsar R$ 1,3 milhão. Os valores foram fixados em tabela de preços para 2021.

Outros telejornais da Globo

Em questão de jornalismo, a Globo segue valorizando seus principais produtos que são lideres de audiência em seus respectivos horários de exibição. No Fantástico, apresentado por Poliana Abritta e Tadeu Schmidt, por exemplo, a emissora carioca cobra das marcas 1,05 milhão por 30 segundos nos intervalos comerciais aos domingos.

No Hora Um, telejornal matinal exibido a partir das 4h da manhã de segunda a sexta-feira, e apresentado pelo jornalista Roberto Kovalick, a Globo cobra o valor mais em conta: R$ 34.100.

Fonte: Veja São Paulo/Globosat

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.