9 autores contemporâneos ao redor do mundo para você ler

Diversas editoras brasileiras publicam incríveis autores contemporâneos responsáveis por obras relevantes e bem feitas.

Em conversas sobre literatura, muitas vezes ouvimos os mesmos nomes de sempre (Machado de Assis, James Joyce, Clarice Lispector e outros). Isso pode fazer com que muitos pensem que a literatura parou no tempo, mas isso não é fato. Diversas editoras brasileiras publicam incríveis autores contemporâneos responsáveis por obras relevantes e bem feitas.

Por isso, separamos abaixo 10 recomendações de autores e autoras para ler e descobrir. Veja:

Elena Ferrante – autores contemporâneos para ler

Sem dúvidas, a misteriosa Elena Ferrante é uma das autoras mais interessantes da literatura contemporânea. Ela mantém sua identidade um segredo, pois acredita que “depois que os livros são escritos, eles não precisam de um autor”. Sua obra é muito rica e debate experiências humanas como casamento, maternidade e relacionamentos. Certamente, os quatro livros da Série Napolitana são o melhor lugar para começar a descobrir a obra de Ferrante.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Jarid Arraes

Nascida em Juazeiro do Norte, Jarid Arraes resgata em suas obras o cordel, um elemento muito forte da cultura nordestina. Ela já publicou mais de setenta títulos no formato, mas recentemente lançou uma incrível coletânea de 15 cordéis chamada Heroínas Negras Brasileiras. Certamente, é uma obra que pode abrir seus horizontes para o conceito de literatura.

Itamar Vieira Junior – autores contemporâneos para ler

Ganhador de um prêmio Jabuti este ano, Itamar Vieira Junior é um dos novos grandes nomes da literatura brasileira. Seu livro Torto Arado é uma ficção, mas consegue debater com maestria a problemática relação de trabalho assalariada e o passado escravista do Brasil. Muitos críticos apontam que a obra de Vieira Junior carrega a qualidade de clássicos da literatura brasileira e dá um novo fôlego ao romance regional (imortalizado por Guimarães Rosa)

Karl Ove Knausgård

Outra grande sensação do universo literário é o norueguês Karl Ove Knausgård. O autor já escreveu diferentes tipos de livros (desde crítica artística a romance), mas a qualidade de sua escrita é destacada na série Minha Luta. Composta de seis volumes, esta obra autobiográfica é extremamente polêmica, pois expõe a vida de Knausgård de uma maneira muito delicada (que até rompeu as relações do autor com amigos e familiares). Ler as mais de 3,600 páginas pode ser desafiador, porém é uma leitura de extrema qualidade.

Haruki Murakami – autores contemporâneos para ler

Certamente, Haruki Murakami é um dos autores mais populares surgidos da cultura japonesa. Suas obras (sejam contos ou romances) sempre desdobram o universo particular de seus personagens através de acontecimentos fantásticos e surreais. A melancolia também é um elemento muito presente em seus livros; O Incolor Tsukuru Tazaki e seus anos de Peregrinação talvez seja a principal obra com todos estes aspectos.

Raduan Nassar – autores contemporâneos para ler

Dentro da literatura brasileira, Raduan Nassar é outro ponto fora da curva na lista de autores contemporâneos. Embora tenha parado de escrever em 1984, o brasileiro escreveu dois livros sensacionais em sua breve carreira. Um Copo de Cólera é o principal deles, pois sua linguagem é uma das melhores que há na literatura; a obra investiga o repentino romper de harmonia de um casal após “uma noite de amor”.

Patti Smith

Patti Smith pode ser conhecida como uma roqueira poeta que andava com gente como Bob Dylan e Allen Ginsberg, mas sua poderosa obra mostra que ela vai além. Seu livro O Ano do Macaco fornece uma incrível jornada pelas veredas da mente de Smith durante mudanças em sua vida pessoal e no mundo. O poder descritivo da cantora é uma de suas maiores ferramentas.

Kazuo Ishiguro – autores contemporâneos para ler

Se entendermos a literatura como uma forma do homem buscar reflexões sobre a humanidade, então Kazuo Ishiguro é um dos principais autores contemporâneos para ler e descobrir. Misturando ficção científica e romance, o ganhador do Nobel de Literatura em 2017 investiga temas como morte e solidão.

Olga Tokarczuk

Ganhadora do prêmio Nobel da Literatura no ano passado, Olga Tokarczuk possui poucas obras publicadas no Brasil, contudo isso não impede que sua escrita seja desfrutada por leitores ávidos. Sobre os Ossos dos Mortos é uma bela obra que reflete sobre a natureza e a condição humana. Certamente, é uma das obras mais excêntricas da literatura contemporânea.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes