BBB 21: Bruno Gagliasso diz que nunca mais vai assistir o reality da Globo

O ator, e ex-Globo foi questionado sobre o BBB 21

O ator, e ex-Globo, Bruno Gagliasso foi questionado sobre o BBB 21 e deu uma resposta no Twitter nesta terça-feira (22). Ele, que confessou ter ficado viciado na temporada deste ano, se posicionou sobre a próxima edição do reality de Boninho.

Bruno Gagliasso vai acompanhar o BBB 21?

Após ter defendido Babu Santana com unhas e dentes do BBB 20, os internautas quiseram saber se ele ainda iria assistir o programa, na nova  temporada do BBB 21, que estreia dia 25 de janeiro.

“Pretende fazer mutirão nesse BBB 21, Bruno?”, perguntou a usuária Caroline with en E, no Twitter. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Nunca mais vou assistir BBB [risos]”, escreveu o marido de Giovanna Ewbank, em tom de brincadeira sobre o BBB 21.

Imediatamente, nos comentários, os fãs reagiram. “Nunca diga nunca. Hahahaha”, divertiu-se a seguidora Amélie So. “Nem vc acredita nisso”, disse Carol. 

Teve também quem se indignou: “Como assim, precisamos do nosso comentarista!”, “por favor não me decepcione”.

Antes do BBB 21, Bruno Gagliasso torceu por Babu Santana

Mesmo sendo amigo de Manu Gavassi, Bruno Gagliasso declarou sua torcida por Babu Santana. Durante o reality ele comentava e postava tweets sobre o ator. Além disso, ajudava em mutirões para a permanência do ex-BBB que foi o 4º eliminado.

Em uma fala de Babu sobre as mulheres, Bruno Gagliasso respostou o vídeo e disse “eu te amo” para o ator.  “O homem sempre esteve em posição de privilégio, sempre teve voz, sempre. E, hoje, é hora das mulheres falarem. Elas podem até estarem erradas, mas vocês têm que ouvir”, refletiu ele dentro do confinamento. Agora com o BBB 21, a espectativa é de que o ator comente novamente dobre o reality.

Ator fala sobre racismo sofrido pela filha, Titi

Durante sua participação no programa ‘Fala Celio!’, Bruno Gagliasso comentou sobre o racismo que a filha de 7 anos, Titi, enfrenta. 

“Lutei como um leão para defender a minha filha, mas, na verdade, o que eu fiz, foi o mínimo, como pai, como ser humano e como cidadão, que prega e quer igualdade, respeito, e que quer que as pessoas evoluam”, ele afirmou.

Mas surpreendeu com a seguinte declaração: “Sou um racista em desconstrução, porque a gente é fruto de uma sociedade, que aprendeu muita coisa errada.”

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes