Conservar alimentos: dicas importantes para evitar o desperdício

Será que você conhece as melhores formas de guardar e reaproveitar os alimentos que sobram depois das refeições?

Natal e Ano Novo, em 2020, serão diferentes. Afinal, nem todos poderão estar juntos nas tradicionais festas em família. Isso porque aglomerações ainda devem ser evitadas por conta da pandemia do Coronavírus. No entanto, uma coisa é certa: o fim de ano terá muita comida na mesa. Por consequência, é bom aprender a conservar alimentos e, assim, aproveitar todas as sobras das ceias.

Uma das principais razões desse movimento é evitar o desperdício. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Brasil joga fora 42 quilos de comida por ano. E esse número refere-se a cada pessoa. Ou seja, por família, são, em média, 128 quilos de alimentos.

O problema gera impactos sociais, econômicos e ambientais. Além disso, afeta ainda o bolso dos brasileiros. Por isso, o ideal é conservar alimentos e saber como usá-los para criar novos pratos e garantir as próximas refeições. 

Confira, então, algumas dicas que podem ajudar nessa tarefa.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Como conservar alimentos

congelar sobras de comida
Imagem: reprodução / Pinterest

 

Em primeiro lugar, vale saber que alimentos assados, cozidos e fritos podem ir para o congelador. Entretanto, o ideal é refrigerar as sobras em porções individuais. Além disso, escolha os recipientes corretos, já que isso influencia na duração dos produtos. Você pode usar, por exemplo, sacos plásticos herméticos. Eles impedem a entrada de ar e, assim, previnem a contaminação por fungos e bactérias. No caso das vasilhas, tampe bem ou cubra com plástico filme.

O próximo passo é adotar a prática de etiquetar todas as embalagens que usar para conservar alimentos. Isso ajuda a identificar cada um dos potes e ainda traz maior praticidade na hora de retirar o item do congelador. Ademais, anote o prazo de validade para consumir em bom estado.

Outra dica é que, apesar de muita gente não acreditar, você não precisa esperar que o alimento esfrie para levar ao congelador. Na verdade, isso pode até reduzir o tempo do consumo. Isso acontece porque, em temperatura ambiente, ele fica mais exposto à contaminação por fungos e bactérias. Por isso, não espere mais que duas horas para levar o prato ao freezer.

conservar alimentos
Imagem: reprodução / Pinterest

 

Por fim, lembre-se de que recongelar não é indicado. A razão é o aumento do nível de proliferação de micro-organismos depois que o alimento congelado entra em contato com o ar. Desse modo, se você levar os alimentos de volta ao freezer, ele estará com uma carga microbiana muito maior. Por consequência, pode causar intoxicações após o consumo.

Seguindo essas dicas, você poderá conservar alimentos não só depois das festas, mas também durante o ano inteiro que está prestes a começar.

Fonte: Alessandra Zambaldi, diretora de Comércio Exterior e Marketing da Alpfilm.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes