Morre ator Paulo Gustavo por complicações da Covid-19

Ator estava internado desde o dia 13 de março e faleceu por complicações da covid-19.

Morre ator Paulo Gustavo hoje, 04/05/2021,  aos 42 anos, por complicações da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 13 de março em um hospital particular na zona sul do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada às 21h12 desta terça-feira.

Paulo deixa o marido Thales Bretas e os dois filhos do casal, Gael e Romeu.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, disse o hospital em nota, horas antes do falecimento do ator ser anunciado.

Morre ator Paulo Gustavo

O ator deu entrada no hospital em 13 de março, e foi intubado no dia 22 do mesmo mês. Desde então, o humorista apresentou melhoras no quadro, mas acabou regredindo posteriormente.

Em 2 de abril, o humorista piorou e passou a utilizar a Ecmo, uma terapia semelhante ao uso de um pulmão artificial. “Optamos pelo início da terapia coadjuvante com ECMO, com o objetivo de permitir uma melhor recuperação da função pulmonar. Após o agravamento ocorrido, a situação permanece estável nas últimas horas”, informou a equipe médica, em nota. O procedimento é usado em pacientes em estado grave, com um severo comprometimento da função pulmonar ou circulatória.

Em 3 de maio, o ator voltou a sofrer complicações causadas pela doença. O boletim divulgado pela equipe médica afirmou que o artista teve uma “embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa.”

Na dia anterior, com a redução de sedativos, o humorista chegou a acordar e interagiu com a equipe médica e o marido. Entretanto, à noite, houve uma piora súbita.

Trajetória do ator, humorista, diretor e roteirista

Nascido em 30 de outubro de 1978, em Niterói, Rio de Janeiro, Paulo Gustavo começou sua carreira como ator de teatro.

Seu primeiro papel de destaque foi na peça Surto! em 2005, feita de esquetes que satirizavam o meio artístico. Paulo foi convidado para interpretar Dona Hermínia, inspirada em sua própria mãe, que acabou se tornando sua personagem mais famosa. Com tamanho sucesso, ele passou a ser parte do elenco fixo.

 

Morre paulo gustavo
Paulo gustavo, o marido thales bretas e os dois filhos do casal, gael e romeu (foto: reprodução/instagram)

O papel foi fundamental para que o artista criasse sua obra de maior sucesso. Em 2006, sem trabalho no teatro, Paulo procurava uma forma de voltar aos palcos. Sem dinheiro para investir em uma grande produção, ele apostou em um monólogo. O ator uniu produtores, diretores e cenógrafos, que aceitaram trabalhar ganhando como recompensa uma parte do valor da venda de ingressos. E assim nasceu Minha Mãe É Uma Peça, que virou uma franquia de filmes e conquistou o coração de milhares de brasileiros.

Paulo Gustavo também esteve nas novelas Minha Nada Mole Vida (2006-2007) e A Diarista (2004-2007), da Rede Globo. Se tornou apresentador do programa 220 Volts, no Multishow, além do Vai que Cola, que ganhou adaptação para o cinema, e de seu próprio reality, Paulo Gustavo na Estrada (2014).

Veja uma das últimas entrevistas com Paulo Gustavo

 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.