A indústria de salmão cultivado põe a sustentabilidade antes da concorrência para atender à demanda recorde de consumo

Hoje, na Seafood Expo North America (Feira de Frutos do Mar da América do Norte), em Boston, a Global Salmon Initiative (GSI), junto com o World Wildlife Fund (WWF), a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) das Nações Unidas(ONU) e o Rabobank, vão se juntar pela primeira vez nos Estados Unidos para demonstrar como a indústria mundial do cultivo de salmão está liderando o caminho de mudança nas práticas do negócio de aquicultura para garantir um futuro sustentável para o setor.

Pathways to Sustainability Seminar (Seminário Caminhos para a Sustentabilidade) pretende estabelecer um exemplo sobre como a cooperação entre membros da indústria de frutos do mar pode levar ao desenvolvimento sustentável e pode ser reproduzida em outros setores. Muitos líderes empresariais acreditam que uma mudança significativa nas atuais práticas empresariais é a única maneira de o setor atender ao seu potencial de mercado e a futura demanda global dos consumidores por salmão. Executivos da GSI reunidos em Boston com líderes mundiais da sustentabilidade estão hoje anunciando seu compromisso de por a sustentabilidade na frente da competição, de modo a buscar um modelo único de cooperação ambiental como um motor para o sucesso da sua indústria.

#000a
#000a”É extremamente raro ver CEOs — que normalmente estão competindo ferozmente por participação de mercado – juntando-se para tratar de desafios em torno da sustentabilidade”, disse Jason Clay, vice-presidente sênior de transformação de mercado do WWF. “Este tipo de ação coletiva e firme no setor do salmão cultivado é o que é necessário a todas as commodities alimentícias se de fato esperamos alimentar nove bilhões de pessoas e ao mesmo tempo preservar a biodiversidade.”.

#000a
#000aDurante o seminário em 18 de março, líderes da GSI e o painel de especialistas avaliarão os sinais iniciais do modelo de cooperação da GSI e discutirão como a colaboração industrial pode ser traduzida em melhorias para o setor. Por sua vez, fornecendo uma solução sustentável, tanto econômica quanto ambientalmente, para a crescente demanda mundial por produtos altamente proteicos.

#000a
#000aNa vanguarda da mudança na indústria da aquicultura, a GSI foi formada para ajudar a modificar as atuais práticas empresariais e concentra-se em um modelo de cooperação ambiental como um motor para o sucesso da indústria.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

#000a
#000a”As empresas atuantes na GSI reconhecem que a sustentabilidade é comercialmente sensível e ao fazerem um esforço público de práticas sustentáveis, eles estão ajudando a incluir a sustentabilidade como um motor estratégico para o sucesso de longo prazo”, disse Jeroen Leffelaar, diretor-adjunto mundial de proteína animal do Rabobank.

#000a
#000aA GSI escolheu três áreas prioritárias em que pretende traduzir o funcionamento do modelo em melhorias significativas para o setor. As prioridades específicas da GSI incluem:

#000a
#000a
#000aTer todas as empresas participantes certificadas pelo Salmon Standard (Padrão Salmão) da Aquaculture Stewardship Council (ASC) até 2020. Até hoje, os membros da GSI já certificaram suas primeiras três fazendas – uma comprovação do sucesso deste modelo único
#000aFocar em biosegurança – primariamente em piolho marinho e gestão de doenças – onde as empresas-membro estão usando a transferência de conhecimentos como meio de geração de práticas de gestão melhoradas
#000aTrabalhar com parceiras de setor para garantir fontes sustentáveis de alimento para atender a demanda crescente.  
#000a”Como empresas individuais, nós podemos trabalhar tão duro quanto quisermos na melhoria de nossas operações de apoio ao crescimento sustentável, mas devido à natureza de nossos negócios, estamos inerentemente afetados pelas ações de nossos vizinhos e empresas similares”, disse Jon Hindar, diretor-adjunto da GSI e CEO da Cermaq. “Ao nos concentrarmos em cooperação e colaboração, nós estamos vendo que progressos podem ser feitos em uma escala muito maior e a uma taxa muito mais rápida.”.

#000a
#000aSOBRE a GSI

#000a
#000aA Global Salmon Initiative (GSI) é uma iniciativa de lideranças criada em 2013 por produtores mundiais de salmão cultivado com foco na conquista de progressos significativos em termos da sustentabilidade no setor. A GSI está empenhada em integralmente realizar a meta compartilhada de fornecer fontes de alimentação saudável altamente sustentável para alimentar uma população mundial em crescimento e ao mesmo tempo minimizar nossa pegada ambiental e continuar a melhorar a nossa contribuição social.

#000a
#000aAs empresas-membro da GSI member incluem a Bakkafrost; Blumar; Cermaq; Compania Pesquera Camanchaca; Empresas AquaChile; Grieg Seafood; Leroy Seafood Group; Los Fiordos; Marine Harvest; Norway Royal Salmon; SalMar; Multiexport Foods SA; The Scottish Salmon Company e  Scottish Sea Farms. As empresas da GSI estão presents no Chile, Canadá, Noruega, e Ilhas Faroe, Irlanda e Escócia e fazem contribuições significativas para as economias destes respectivos países.

#000a
#000aMais informações podem ser recebidas através do contato com o secretariado da GSI, AXON, em [email protected] ou visitando http://www.globalsalmoninitiative.org.  Siga a GSI no Twitter @GSI_Salmon.

#000a
#000aSOBRE o ASC

#000a
#000aASC é a sigla para Aquaculture Stewardship Council (Conselho Administrativo da Aquicultura) uma organização independente sem fins lucrativos. O ASC foi fundado em 2010 pelo WWF e IDH (Iniciativa de Comércio Sustentável da Holanda) para administrar padrões mundiais de aquicultura responsável, desenvolvidos por Aquaculture Dialogues, um programa de mesas redondas iniciado e coordenado pelo WWF. O ASC visa ser o principal programa mundial de certificação e selos para frutos do mar responsavelmente cultivados. O ASC é uma organização mundial trabalhando com produtores de aquicultura, processadores de frutos do mar, empresas de varejo e de serviços alimentícios, cientistas, grupos de conservação e o público para promover a melhor escolha social e ambiental em frutos do mar. O programa de certificação e em aquicultura do ASC e de selos para frutos do mar reconhece e recompensa a aquicultura responsável.

#000a
#000aREFERÊNCIAS


#000aDisponíveis mediante solicitação.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes