Casamento intimista: o que é, dicas de como organizar e quem convidar

A ideia é perfeita para os casais que procuram uma celebração só para eles. Conheça o que é e dicas de como organizar e quem convidar.

Uma cerimônia a dois com muita intimidade e quase secreta ou com poucos convidados. Essa é a definição do casamento intimista ou casamento a dois, conceito conhecido no exterior como Elopement Wedding.

Assim, se você não quer lidar com tantas preocupações para organizar uma super celebração, o casamento intimista pode ser a melhor opção. A seguir, conheça mais sobre o conceito, como organizar, quem convidar e dicas de lugares, decoração e vestido.

 

O que é o casamento intimista

definição do casamento intimista
Trilha Sonora Eventos (Reprodução / Instagram)

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O Elopement Wedding é um estilo de casamento que muitos casais de outros países escolhem para celebrar a união a sós ou com pouquíssimos convidados. Como você sabe, a palavra Wedding significa casamento em inglês, já Elopement vem do verbo “To Elope”, que traduzindo para o português é fugir e nunca mais voltar ao seu ponto de origem.

Nesse caso, a expressão surgiu há muito tempo atrás, em 1300, quando a palavra Elope se referia às mulheres que fugiam do matrimônio para se casarem escondidas com seus amantes. Mas depois de 1800, o termo recebeu esse significado que conhecemos hoje.

Geralmente, o casamento intimista é feito de forma repentina, sem convidados e apenas com a presença do casal, de um fotógrafo ou uma pessoa que abençoará a união. No entanto, há casais que optam por realizar uma celebração com um número limitado de pessoas, sendo aquelas mais próximas como os pais e amigos íntimos.

 

As vantagens do Elopement Wedding em tempos de pandemia

como organizar elopement wedding
Calderaro Fotografia (Reprodução / Unplash)

 

A pandemia de covid-19 adiou o plano de muitos casais que sonhavam com um casamento super produzido e cheio de convidados. Diante disso, o casamento a dois passou a ser uma tendência e uma alternativa para os pombinhos apaixonados que não abrem mão da comunhão.

Contudo, saiba que esse estilo de casamento vai além das circunstâncias causadas pela pandemia. Acima de tudo, o Elopement Wedding contempla o gosto e o desejo do casal, que opta por viver esse momento a dois de uma forma pessoal, intensa e profunda.

Além disso, o casamento intimista possui outras vantagens como:

 

1. Economia no bolso e praticidade

Sem dúvida, as pessoas estão acostumadas aos casamentos com uma megaprodução, buffet, lista infinita de convidados e regras de vestimenta para os noivos, madrinhas e padrinhos. Essas preocupações tiram o sono de qualquer casal. Porém, o mesmo não acontece com o casamento intimista, já os gastos e o checklist são bem menores.

Por exemplo, o casal terá apenas que escolher o local da cerimônia, foto e filmagem, vestido de noiva e o traje do noivo, além de ter a chance fazer a própria decoração e colocar amor nos pequenos detalhes.

2. Celebração no mesmo lugar da lua de mel

O casamento intimista possibilita também aos noivos juntar a celebração e a lua de mel em um só lugar. Ou seja, você pode realizar a cerimônia em uma praia paradisíaca no Brasil ou no destino dos sonhos, como as Maldivas.

É claro que essa opção não fica barata e às vezes representa o valor de um casamento grande. Porém, é uma maneira de juntar a fome com a vontade de comer.

 

Como organizar um casamento intimista

quem convidar no casamento intimista
Calderaro Fotografia (Reprodução / Instagram)

 

Assim como um casamento tradicional, o Elopement Wedding também exige planejamento e organização dos noivos. Uma vez que a escolha do local precisa ser feita com antecedência, assim como a decisão de ter ou não convidados.

Logo, é bom o casal resolver em comum acordo detalhes que fazem toda a diferença para uma celebração especial e única. Veja abaixo:

 

Escolha do local

Praia, casa no campo, montanha, igreja, restaurantes, hotéis, fazenda, bistrô, residências antigas e até mesmo no quintal da sua casa. O casamento intimista apresenta uma infinidade de lugares para ser celebrado e ainda não acompanha aquelas perguntas típicas “Será que vai caber os convidados?”, “Vai ficar vazio ou apertado?”, “Onde será a mesa da família?”.

Por isso, a dica é deixar a imaginação ir além e escolher com planejamento aquele lugar especial para vocês dois.

Lista de convidados no casamento intimista

Como falamos acima, o Elopement Wedding tem um número limitado de convidados ou praticamente nenhum. Sendo assim, essa escolha vai de casal para casal, já que alguns fazem questão de ter a presença dos pais ou de amigos íntimos.

Não existe uma regra definida sobre a quantidade, que geralmente tem o máximo de dez pessoas. Cabe ressaltar, no entanto, que o ideal é priorizar os amigos e familiares próximos, que fazem realmente parte da sua vida.

 

Decoração

Dependendo do lugar escolhido para o casamento a dois, não é preciso nem se preocupar com os detalhes da decoração. Afinal, uma cerimônia durante o pôr do sol ou numa praia paradisíaca são suficientes para deixar o ambiente todo especial.

Contudo, você pode dar o seu toque especial em cada pedacinho, como decorar o local com flores, velas e elementos que carregam algum valor sentimental para o casal (livros, retratos, relógios etc).

 

Foto e filmagem no elopement wedding

Para registrar esse momento de muito significado, a dica é investir na contratação de foto e/ou filmagem. No mercado de casamentos há uma opção infinita de profissionais especializados em eternizar o elopement wedding com emoção e intimidade. Então, não deixe esse investimento de fora da lista.

 

Vestido e traje do noivo

Vamos combinar que a escolha do vestido e traje do noivo é uma tarefa difícil. Principalmente para a noiva que se vê no dilema entre aliar o seu gosto pessoal e o que os convidados vão achar da escolha do vestido.

Então, se você não quer passar por isso, o casamento intimista permite a tentadora liberdade de usar o vestido ou o traje de noivo que quiser, sem medo de julgamentos. Ou seja, se permita ser a noiva de tênis que sempre sonhou com um vestido simples e maquiagem leve. E, para os noivos, um look informal e despojado é também uma opção.

 

Casamento intimista: pode ter festa e celebrante?

Por fim, fica à escolha do casal optar por uma festa pequena e informal após o casamento ou no retorno da lua de mel. Além disso, o casamento intimista não impede a escolha dos padrinhos (mesmo se eles não acompanharem esse momento) e nem mesmo o celebrante de casamento, seja qual for a sua religião.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes