Joe Biden: saiba como e quando será a posse do novo presidente dos EUA

Os delegados se reunirão no dia 14 de dezembro para distribuir, oficialmente, os votos ao novo presidente eleito dos Estado Unidos.

As eleições presidenciais dos Estados Unidos aconteceram dia 3 de novembro. Entretanto, somente neste sábado (7), os primeiros resultados saíram, anunciando a vitória de Joe Biden contra Donald Trump. Saiba mais!

O sistema de votação nos EUA é realmente complexo, os votos são contabilizados por delegados – representantes dos eleitores em cada estado – e distribuídos aos candidatos conforme a maioria do voto popular. Assim como a contagem de votos é demorada, devido a um extenso processo de preenchimento de cédulas e envio por correio, o resultado oficial só sai dia 6 de janeiro de 2020, após a reunião dos delegados em 14 de dezembro e a certificação das cédulas.

Ou seja, mesmo com a vitória de Biden constatada pela apuração da imprensa americana e demais agências, somente no último mês do ano os delegados se reunirão para oficializar a eleição do novo presidente.

Posse do novo presidente dos Estados Unidos

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Após a oficialização, Joe Biden deve fazer o juramento presidencial dia 20 de janeiro, juntamente como a nova vice-presidente, Kamara Harris. A data é chamada de “o Dia de Inauguração” e só será alterada se, porventura, cair em domingo, adiando para a próxima segunda-feira.

Segundo o calendário de 2021, a posse acontecerá em uma quarta-feira. A cerimônia, normalmente, desde 1901, acontece no Capitólio dos Estados Unidos, em Washington D.C., organizada pelo Comitê Congressional Conjunto de Cerimônias de Posse. Na ocasião, o presidente eleito deverá fazer um juramento, previsto no artigo II, seção I, da Constituição dos EUA. Confira abaixo:

Eu, (nome completo), solenemente juro que vou executar fielmente o cargo de Presidente dos Estados Unidos, e com o melhor de minha capacidade, preservarei, protegerei e defenderei a Constituição dos Estados Unidos. Que Deus me ampare.

A última frase, que pede o amparo de Deus, é opcional, assim com a imposição de mãos sob a bíblia. Não está previsto na Constituição, mas tornou-se costume nas posses presidenciais.

Normalmente, após a cerimônia, o presidente faz o discurso inaugural. Em seguida, há um momento de orações, almoço oficial, desfile presidencial e outros eventos oficiais.

Veja: quem é Joe Biden, novo presidente eleito dos EUA.

Vitória de Biden contra Trump

Segundo a agência Associated Press (AP), até o momento, Joe Biden conquistou 290 delegados. Na tarde deste sábado (7), o democrata teria vencido o republicano na contagem de votos do estado da Pensilvânia, somando 20 delegados e, minutos depois, somando mais 6 votos do estado de Nevada.

Os colégios eleitorais dos EUA exigem que o candidato conquiste 270 delegados ou mais para ser eleito o novo presidente. Esta é a terceira vez em quase 30 anos, após a 2ª guerra mundial, que um chefe do Poder Executivo não é reeleito.

Texto por Luana Fogaça**

Veja também: quem é Jill Biden, a nova primeira-dama dos EUA!

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes