Vai ter carnaval em 2021? Confira as previsões para a folia

A folia do carnaval de 2021 deveria acontecer entre os dias 12 e 16 de fevereiro. Mas com a pandemia do coronavírus, as recomendações são para evitar qualquer tipo de aglomeração. Por isso, muitas cidades já cancelaram ou adiaram a folia do começo ano. Confira como está a a situação nos lugares mais visitados no carnaval brasileiro.

Salvador

O carnaval de Salvador é um dos mais procurados no Brasil. Segundo a Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur), em 2020, o Carnaval movimentou 1,25 bilhão de reais na economia soteropolitana. Além de ser uma grande folia, o carnaval movimenta um grande capital na cidade.

Em uma reunião virtual entre ACM Neto (DEM), e empresários do setor definiram que o Carnaval da cidade será adiado para julho de 2021 em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A folia será adiada, mas ainda não há uma data totalmente definida para acontecer. O grupo pretende criar um movimento de federalização para a realização da festa, com o intuito de que outros grandes centros, como Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife, escolham a mesma data para realizar as festas.

São Paulo

Bloco Ritaleena em São Paulo (Foto: Divulgaçã/Eduardo Anizelli)

São Paulo vem se tornando um grande destino para os foliões de todo o Brasil e de outras partes do mundo também. Segundo dados da prefeitura cerca de 15 milhões de pessoas foram aos blocos de rua na capital paulista. Além disso, o Carnaval deste ano gerou ganhos de cerca de R$ 2,75 bilhões na economia da cidade.

Mas em junho de 2020, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, que o evento será adiado. O carnaval deve acontecer a partir de maio do ano que vem, quando há houver vacina. Covas afirmou que não vai coincidir com a festa de São João no nordeste. A expectativa é que seja em julho. Além disso, o prefeito disse ter se reunido com outras capitais para chegar a uma data conveniente para 2021. A Liga das Escolas de Samba de SP também defende o adiamento para que as agremiações tenham tempo de se preparar.

- PUBLICIDADE -

Belo horizonte – carnaval 2021

Foto: Antonio Salaverry/Arquivo Pessoal

A capital mineira atrai turistas e capital todos os anos no carnaval,.De acordo com dados da Belotur, 4,5 milhoes de foliões curtiram a festa em Belo Horizonte este ano, sendo 211 mil turistas na cidade. Contudo, 2021 ainda é um ano incerto para os mineiros.

Para o prefeito, Alexandre Kalil sem uma previsão da vacina contra o corona não será possível planejar o carnaval de 2021 em Belo Horizonte. Kalil já afirmou que é “birutice” cogitar o evento a sete meses da data. “Não sou astrólogo, não, né?! Mas acho muito difícil fazer um Carnaval com uma pandemia que deve acabar em setembro, outubro, novembro. É uma birutice”, disse em entrevista para a BHAZ, em junho deste ano.

Além disso, o prefeito também falou que não irá proibir ninguém de ir às ruas, caso queiram. Mas nenhuma folia terá qualquer apoio da prefeitura de Belo Horizonte. O mandato de Alexandre Kalil se encerra em 31 de dezembro de 2020. Durante este período, de acordo com a PBH, não será feito nenhum planejamento para que o carnaval de rua de Belo Horizonte aconteça em 2021. A Liga das Escolas de Samba de Minas Gerais (Liemg). De acordo com a organização a ideia é transferir a folia de fevereiro para julho.  Contudo, como nas outras capitais, ainda não há uma data certa.

Recife e Olinda

Foto: NurPhoto/Colaborador/Getty Images

Em 2020, o Carnaval do Recife recebeu mais de 2 milhões de foliões em seus polos e movimentou 1,4 milhões na economia da cidade. Contudo, para o próximo ano, ainda não há certezas com relação às datas da folia.

“A Prefeitura do Recife informa que, por ora, não há definições a serem anunciadas sobre o Carnaval 2021. Capital da festa de rua mais plural, autêntica e bonita do País, o Recife agora se dedica a manter em queda os índices de propagação da Covid-19, decrescentes há mais de 90 dias na Cidade”., afirmou em nota.

Já Olinda teve uma movimentação de 3,6 milhões de foliões em 2020 e uma arrecadação financeira na ordem dos R$ 295 milhões. De acordo com a Secretaria de Patrimônio, Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Olinda, o compromisso é de realizar o Carnaval apenas quando a cidade tiver níveis seguros para receber as pessoas.

As tradicionais prévias de Carnaval de Olinda, geralmente iniciadas em setembro, estão suspensas. Pois as recomendações são de evitar qualquer tipo de aglomeração.

Segundo a prefeitura, até o fim do ano haverá a confirmação das datas. Mas ainda não há nada certo sobre o carnaval de 2021 em Recife ou Olinda.

- PUBLICIDADE -

Rio de janeiro – carnaval 2021

Segundo a prefeitura do Rio de Janeiro, o carnaval carioca de 2020 superou as expectativas, com mais de 2.1 milhões de turistas na cidade, com mais de 10 milhões de pessoas circulando durante o carnaval. Além de ter movimentado 4 bilhões de reais nos dias de folia.

Mas a prefeitura do Rio de Janeiro ainda não se posicionou em relação ao adiamento ou não do carnaval de 2021. O que se sabe é que a cidade está focada no combate ao coronavírus e no momento não tem datas definidas para a folia do próximo ano.

Contudo, em julho, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa) realizou reuniões para debater os rumos da folia. Na época, alguns grupos já se mostraram favoráveis a adiar a festa, entre eles Mangueira, Imperatriz Leopoldinense, Vila Isabel, Beija-Flor e São Clemente. Nessa reunião ficou decidido que a decisão final sobre o adiamento do desfile das escolas de samba será tomado nesse mês de setembro. Vários blocos de rua também se manifestaram favoráveis ao adiamento do evento. Mas a Sebastiana, Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro, só pretende definir em outubro o que irá acontecer no próximo ano.

Mas prefeitos de outras cidades já estão entrando em contato também com o Rio de Janeiro para realizar o carnaval de 2021 em julho.

Comentários (0)
Comentar