Governado decreta Onda Roxa em Minas gerais: veja o que muda

Minas Gerais vai entrar na fase mais restritiva do plano Minas Consciente, para conter a pandemia da COVID-19. A Onda Roxa passa a valer a partir desta quarta-feira, 17 de março.

O governador Romeu Zema (Partido Novo) decretou a volta da Onda Roxa em todo o estado de Minas Gerais. Sendo assim, todas as cidades devem adotar medidas mais restritivas para conter o número de casos, internações e mortes em decorrência da pandemia Covid-19. A nova fase vai começar a valer a partir de quarta-feira, dia 17 de março.

Segundo informações do jornal O Tempo, Zema se reuniu com prefeitos e com os consórcios de saúde na última segunda-feira (15/3). A decisão do decreto da Onda Roxa em toda Minas Gerais foi apoiada pela maioria das autoridades locais, e será obrigatória, com exceção de Uberlândia.

A restrição da Onda Roxa em Minas Gerais deverá valer por 15 dias, passando a valer a partir de 17 de março, amanhã.

Onda Roxa em Minas Gerais

Nova fase da onda roxa em minas gerais
(Imagem: Reprodução / Engin Akyurt)

Para Romeu Zema, a medida dura é “extremamente necessária nesse momento”. A declaração foi dada pelo governador sobre a Onda Roxa em Minas Gerais em suas redes sociais. Após a reunião com os prefeitos, Zema ressaltou que a medida deve evitar um “cenário pior do que já estamos vivendo”.

O governador ainda fez um apelo a todos os mineiros e mineiras. “Precisamos manter as medidas de proteção e distanciamento social. Não vamos deixar que o cansaço nos vença. Por favor, respeite e colabore para que possamos vencer essa guerra”, disse em vídeo publicado em seu Facebook.

De acordo com O Tempo, no último final de semana, o estado incluiu mais 88 cidades na Onda Roxa do programa, sendo elas: Juiz de Fora, Lima Duarte, São João Nepomuceno, Bicas e Santos Dumont. Com isso, ao todo são 300 cidades de Minas Gerais na fase mais restritiva do plano estadual.

O jornal Estado de Minas divulgou que o município do Triângulo Mineiro vai continuar seguindo seu próprio plano contra a disseminação da Covid-19. A escolha de não adesão ao plano Minas Consciente foi, principalmente, pela cidade aderir medidas mais restritivas do que as impostas pelo próprio estado. De acordo com  Supremo Tribunal Federal (STF), todo poder público municipal não é obrigado a aderir ao plano estadual.

Belo Horizonte, capital do estado, já vem adotando medidas mais restritivas desde o último dia 6 de março. Segundo o boletim divulgado pelo estado, a taxa de ocupação de UTI Covid em BH chegou ao maior nível desde o começo da pandemia, sendo 93,4%. A rede particular, por sua vez, também está em estado de alerta.

O que pode funcionar?

Imagem mostra rua de Belo Horizonte, em Minas, movimentada em meio a pandemia da Covid-19
(Foto: Camila Falabela/TV Globo)

A fase Onda Roxa, que passa a valer em praticamente todo o estado de Minas Gerais amanhã, prevê toque de recolher após às 20h e o fechamento de todo o comércio não essencial. Confira a seguir todas as restrições impostas pelo Plano estadual Minas Consciente e também o que pode funcionar:

  • Proibição de circulação de pessoas sem o uso de máscara em qualquer espaço público ou privado;
  • Proibição de circulação de pessoas com sintomas de gripe, exceto consultas e exames médico-hospitalares;
  • Barreiras sanitárias de vigilância;
  • Proibição de eventos públicos ou privados (como reuniões familiares);
  • Bares e restaurantes podem funcionar somente via delivery;
  • Transporte Público funciona normalmente para atividades essenciais;
  • Mercado funciona normalmente, mas com horário restrito (até 20h);
  • Serviços de Saúde e Bancos funcionam normalmente;
  • Manutenção de veículos e Construção civil funcionam normalmente;
  • Lavanderias funcionam normalmente;
  • Serviços de interesse público como rede de água, esgoto, funerário, correios, funcionam normalmente.

 

Você pode gostar também
buy cialis online