Veja os 5 feriados antecipados em São Paulo em 2021

A cidade deve passar por um período longo de recesso, que vai do dia 26 de março até o dia 4 de abril, contando com os finais de semana.

O  prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decretou que seis feriados vão ser antecipados em São Paulo. O anúncio foi realizado em um momento crítico da pandemia da Covid-19 na cidade.

Com o colapso no sistema de saúde, a prefeitura do município espera reduzir o número de casos através da baixa circulação de pessoas na capital paulista. A meta, divulgada por Bruno Covas em 18 de março, é tornar a taxa de isolamento próxima dos 70%. Para isso, adiantar os feriados é uma saída que a prefeitura avalia ser necessária, assim como aconteceu em 2020.

Feriados que vão ser antecipados em São Paulo:

  • Corpus Christi (3 de junho)
  • Revolução Constitucionalista (9 de julho)
  • Dia da Consciência Negra (20 de novembro) – ainda não é certo.
  • Aniversário de São Paulo (25 de janeiro)
  • Dia da Consciência Negra (20 de novembro)

Quando vai ser o feriado?

O feriado vai começar no dia 29 de março, uma segunda-feira. Também será feriado na terça-feira (30). A quarta-feira, 31 de março e na quinta, dia 1º de abril – emendando ao feriado do dia 2 de abril, quando é celebrado a sexta-feira Santa. Para completar, os dias 3 e 4 de abril (sábado e domingo) serão considerados feriados.

Sendo assim, com os feriados antecipados em São Paulo, a cidade deve passar por um período longo de recesso, que vai do dia 26 de março até o dia 4 de abril, contando com os finais de semana.

Por que os feriados serão antecipados?

Bruno Covas declarou que a ideia é “forçar a cidade de São Paulo a parar”. “A cidade que nunca parou, a cidade que trabalha, a cidade que é a soma dos esforços de vários imigrantes precisa parar para que a gente não tenha mais casos como esse de pessoa que não consegue ser atendida e que vem a óbito por falta de atendimento”, destacou.

Entretanto, o prefeito da capital paulista ainda não informou se bancos e outros serviços vão aderir ao recesso. Mais informações de como será o período de feriados antecipados deve correr nos próximos dias. Ainda de acordo com Covas, a cidade planeja abrir mais 640 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para atendimento de pacientes com Covid-19.

Foto mostra prefeito de são paulo, bruno covas usando uma máscara e segurando um mcirofone.
Bruno covas (foto: governo de são paulo)

Atualmente, a cidade de São Paulo está na fase emergencial do Plano SP, decretado pelo governo estadual.  De acordo com o que foi divulgado, a fase restritiva deve ir até o dia 30 de março. Até lá, apenas serviços essenciais estão permitidos a abrirem as portas, sendo eles: supermercados, postos de gasolina e postos de saúde. A medida provisória (nº 926/20) foi decretada por João Doria (PSDB). Restaurantes e outros estabelecimentos comerciais podem funcionar somente por delivery.

Acompanhe as principais notícias sobre São Paulo no DCI Digital.

Leia também:

Feriados em 2021: veja a lista de pontos facultativos e datas nacionais

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.