Vai ter rodízio de carros no feriado de Tiradentes em São Paulo?

Guia do feriadão em São Paulo

Como forma de controlar a quantidade de veículos nas vias e melhorar as condições do trânsito, a cidade de São Paulo realiza um rodízio de carros. Assim, a legislação municipal determina em quais dias e horários os automóveis podem circular de acordo com o final da sua placa, valendo de segunda a sexta-feira. Mas, vai ter rodízio de carros no feriado de Tiradentes? Veja como fica a programação na capital.

Vai ter rodízio de carros no feriado em São Paulo?

Segundo a legislação do município, o rodízio de veículos deve ser realizado de segunda a sexta-feira, com exceção dos feriados. Por isso, não vai ter rodízio de carros no feriado de Tiradentes, que vai cair na quinta-feira do dia 21 de abril. E, de acordo com comunicado da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT) e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a suspensão também vai se estender para o dia 22. Mas as demais restrições existentes na cidade serão mantidas ao longo da sexta-feira, como o rodízio de veículos pesados (caminhões), Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC), e Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF). Além disso, as faixas exclusivas de ônibus não estarão liberadas.

Realizado desde 1997, o rodízio municipal de veículos em São Paulo tem o objetivo de melhorar as condições do trânsito, por meio da redução do número de veículos em circulação nas vias públicas da capital. O sistema funciona de segunda a sexta, das 7h às 10h e das 17h às 20h, com base no dígito final da placa do veículo e dia da semana.

Ou seja, em cada dia da semana, determinados veículos não podem circular de acordo com o número final de sua placa especificado. A única exceção em relação aos dias são os feriados, por isso não vai ter rodízio de carros no feriado do dia 21. Os carros com placas de outros municípios também precisam respeitar o rodízio de veículos, e o não cumprimento da medida por qualquer motorista resulta em uma infração média, com multa de R$ 130,16 e quatro pontos na carteira.

Como funciona o rodízio em São Paulo

Placas final 1 e 2 – rodízio na segunda-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Placas final 3 e 4 – rodízio na terça-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Placas final 5 e 6 – rodízio na quarta-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Placas final 7 e 8 – rodízio na quinta-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Placas final 9 e 0 – rodízio na sexta-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.

Como não vai ter rodízio de carros no feriado prolongado de Tiradentes, o sistema só volta ao normal na segunda-feira, dia 25 de abril. O Programa de Restrição ao Trânsito de Veículos Automotores no Município de São Paulo é válido apenas na área do Centro Expandido da cidade, que é delimitada pelas vias do minianel viário. A região compreende os bairros que estão em volta do centro histórico, como, por exemplo, Liberdade, Consolação, Bom Retiro, Brás, Mooca, Lapa, Vila Leopoldina, Barra Funda, Pinheiros, Vila Mariana, Saúde, Moema e Ipiranga. Para melhor visualização, o mapa do Centro Expandido pode ser acessado no site da Prefeitura de SP.

Quem não precisa participar do rodízio de carros

Há alguns veículos que são excepcionados do rodízio municipal. Esse é o caso dos transportes coletivos e de lotação, motocicletas, táxis, transporte escolar, correios, coleta de lixo, veículos conduzidos por ou que transportem pessoas com deficiência, guinchos, ambulâncias, policiamento, corpo de bombeiros, serviço funerário, veículos de reportagem (em cobertura jornalística), Forças Armadas, entre outros.

Todos os que se enquadram como exceção aos rodízios estão especificados no artigo 3º, Capítulo 2 do Decreto 58.584/18, e precisam cadastrar seus veículos no site da Secretaria de Mobilidade e Trânsito da Prefeitura de São Paulo. Ao acessar, basta selecionar, no menu do lado esquerdo da tela, o link Isenção de Rodízio, na seção Autorizações Especiais. Com o cadastro feito, os proprietários dos veículos isentos vão ter a placa identificada, evitando cometer uma infração e ficar sujeito a multa. Ainda há uma ressalva em relação aos dias de descanso, em que todos os automóveis ficam dispensados. Por isso, não vai ter rodízio de carros no feriado de Tiradentes.

Leia também: Quinta-feira é feriado de que? Entenda a data

Você pode gostar também
buy cialis online