Vai ter rodízio na Sexta-feira Santa em São Paulo? Veja programação

Confira abaixo se vai ter rodízio na Sexta-feira Santa em São Paulo.

A cidade de São Paulo realiza, desde 1997, o sistema de rodízio de veículos como uma forma de controlar o trânsito nas vias da capital durante os horários de pico. A legislação municipal especifica em quais dias e horários determinados automóveis podem circular de acordo com o final de sua placa, valendo de segunda a sexta-feira. Confira abaixo se vai ter rodízio na Sexta-feira Santa em São Paulo.

Tem rodízio na Sexta-feira Santa em São Paulo?

A legislação da capital paulista determina que o rodízio de veículos seja realizado de segunda a sexta-feira, com exceção dos feriados. Dessa forma, apesar de cair durante a semana, não vai ter rodízio na Sexta-feira Santa. Em 2022, o feriado nacional será celebrado no dia 15 de abril, e também é conhecido como Paixão de Cristo, tendo como principal objetivo comemorar a vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo. A Prefeitura de SP informou que o rodízio municipal também vai estar suspenso para carros na sexta-feira do dia 22 do mesmo mês, em função do feriado prolongado de Tiradentes, que acontece no dia 21.

O rodízio municipal de veículos em São Paulo foi criado com o objetivo de melhorar as condições do trânsito, por meio da redução do número de veículos em circulação nas vias públicas da capital. O sistema funciona de segunda a sexta, das 7h às 10h e das 17h às 20h, com base no dígito final da placa do veículo e dia da semana.

Ou seja, em cada dia da semana, determinados veículos não podem circular de acordo com o número final de sua placa especificado. A única exceção são os feriados, por isso não vai ter rodízio na Sexta-feira Santa. Os carros com placas de outros municípios também precisam respeitar o rodízio de veículos, e o não cumprimento da medida por qualquer motorista resulta em uma infração média, com multa de R$ 130,16 e quatro pontos na carteira.

Como funciona o rodízio em São Paulo

Placas final 1 e 2 – rodízio na segunda-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Placas final 3 e 4 – rodízio na terça-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Placas final 5 e 6 – rodízio na quarta-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Placas final 7 e 8 – rodízio na quinta-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Placas final 9 e 0 – rodízio na sexta-feira funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h.

O Programa de Restrição ao Trânsito de Veículos Automotores no Município de São Paulo é válido apenas na área do Centro Expandido da cidade, que é delimitada pelas vias do minianel viário. A região compreende os bairros que estão em volta do centro histórico, como, por exemplo, Liberdade, Consolação, Bom Retiro, Brás, Mooca, Lapa, Vila Leopoldina, Barra Funda, Pinheiros, Vila Mariana, Saúde, Moema e Ipiranga. Para melhor visualização, o mapa do Centro Expandido pode ser acessado no site da Prefeitura de SP.

No entanto, há alguns veículos que são excepcionados do rodízio municipal, como é o caso dos transportes coletivos e de lotação, motocicletas, táxis, transporte escolar, correios, coleta de lixo, veículos conduzidos por ou que transportem pessoas com deficiência, entre outros. Os que se enquadram nesses parâmetros, especificados no artigo 3º, Capítulo 2 do Decreto 58.584/18, precisam cadastrar seus veículos no site da Secretaria de Mobilidade e Trânsito da Prefeitura de São Paulo. Ao acessar, basta selecionar, no menu do lado esquerdo da tela, o link Isenção de Rodízio, na seção Autorizações Especiais. Com o cadastro feito, os proprietários dos veículos isentos vão ter a placa identificada, evitando cometer uma infração e ficar sujeito a multa.

Leia também: Por que não pode comer carne na Sexta-Feira Santa? Entenda

Você pode gostar também
buy cialis online