Como sei se vou receber o Auxílio Brasil em 2021?

O pagamento do novo programa social para famílias de baixa renda está previsto para começar no dia 17 de novembro

Os pagamentos do Auxílio Brasil começam no dia 17 e, com a proximidade do início do novo programa também está aumentando a expectativa dos cidadãos em saber se poderão ser contemplados por este benefício social. Por isso, muitos querem descobrir como sei se vou receber o Auxílio Brasil.

Esse pagamento vai substituir o Bolsa Família e também marca o fim do auxílio emergencial. Inicialmente, o governo vai pagar cerca de R$ 222, então, veja a seguir se você vai receber o novo benefício pago pelo governo federal. 

Dá pra consultar se vou receber o Auxílio Brasil? 

Com o anúncio do início dos pagamentos, muitos cidadãos querem saber como sei se vou receber o Auxílio Brasil. A expectativa dos brasileiros é de que seja disponibilizado um site para a consulta das informações sobre o novo programa, assim como a plataforma da empresa Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev), por exemplo. 

Esse sistema possibilitou que os beneficiários acompanhassem o pagamento das sete parcelas do auxílio emergencial que foram pagas em 2021. Assim, foi possível acompanhar as datas de liberação do dinheiro. No entanto, é importante ressaltar que, até o momento, não foi feita nenhum tipo de alteração no site do Dataprev que pudesse possibilitar o acesso às informações do programa Auxílio Brasil.

Além disso, o governo federal ainda não disponibilizou um site ou aplicativo específico para que os cidadãos possam fazer a consulta e, assim, verificar se vão receber o benefício. Isso acontece porque o programa social ainda não foi lançado oficialmente. 

LEIA MAIS | Auxílio Brasil: 8 perguntas respondidas sobre o benefício de R$ 400

Como sei se vou receber o Auxílio Brasil? 

A previsão do governo federal é atender pelo menos 17 milhões de famílias, no entanto, ainda não há uma forma de descobrir se vou receber o Auxílio Brasil. Os únicos beneficiários que possuem essa certeza são aqueles que estão cadastrados e recebem atualmente o Bolsa Família.

Para esse grupo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já confirmou que o pagamento terá início no dia 17. Mesmo que ainda não tenha sido liberada a consulta ou uma lista definitiva de todos os selecionados, os demais cidadãos podem conferir se atendem as regras para participar do novo programa. Dentre elas, estão: 

>> estar dentro do limite de renda: famílias em situação de extrema pobreza devem receber mensalmente até R$ 89 por pessoa, e famílias em situação de pobreza precisam ter no máximo R$ 178 (desde que tenham entre seus membros gestantes e pessoas de até 21 anos incompletos);

>> estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);

Esse último requisito é a porta de entrada para vários programas sociais e, por isso, foi incluído como o principal critério do Auxílio Brasil, segundo a Medida Provisória 1.061/2021. 

LEIA TAMBÉM | Como vai funcionar o Auxílio Brasil? Benefício já tem data para começar

Como saber se estou no Cadastro Único ?

Para quem quer saber se vou receber o Auxílio Brasil, o primeiro passo é conferir se já possui o CadÚnico. Para isso, estão disponíveis quatro opções: o site: www.meucadunico.cidadania.gov.br/meu_cadunico; o aplicativo Meu CadÚnico ou fazer o agendamento de um horário para o atendimento no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município e conferir se você já possui o cadastro. 

Além disso, o cidadãos também pode ligar para o telefone 0800 707 2003 e selecionar a opção 5. Para qualquer uma dessas opções é necessário ter em mãos os documentos pessoais da pessoa que é responsável pela família. Se você escolher fazer a consulta pelas plataformas virtuais, acesse com seu computador ou celular e siga o seguinte passo a passo:

>> informe o nome completo,

> registre a data de nascimento,

>> depois, informe o nome da mãe,

>> também é preciso registrar qual é o estado e o município onde reside;

>> clique no botão “Não sou robô”;

>> finalize o pedido de acesso clicando em “emitir certidão”.

CadÚnico

Assim, você será direcionado à uma página onde haverá todas as informações sobre a sua inscrição no CadÚnico, inclusive se ela está atualizada. Lembre-se que para participar do programa Auxílio Brasil é necessário que todos os dados estejam atualizados há pelo menos dois anos ou caso tenha alguma mudança dos dados familiares.

Então, verifique no sistema informações como endereço, telefone, renda mensal, além de eventos de nascimento, adoção ou falecimento. Caso estejam desatualizados, regularize o cadastro o quanto antes para receber o Auxílio Brasil. 

Como fazer minha inscrição no CadÚnico para receber o Auxílio Brasil?

Para aqueles que querem saber se vou receber o Auxílio Brasil, mas ainda não possuem o CadÚnico saiba que é bastante simples fazer essa inscrição. Para isso, você vai precisar agendar atendimento junto ao CRAS ou no setor responsável do seu município. Essa inscrição é apenas presencial e não sendo possível fazê-la pela internet. Então, leve consigo os seguintes documentos:

  • CPF;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena para família indígena;
  • comprovante de residência;
  • carteira de trabalho;

Esses dados devem ser apresentados para o servidor responsável que também fará uma entrevista com o interessado a cadastrar no CadÚnico para receber o Auxílio Brasil. Após esse procedimento, aguarde pelo menos 45 dias para que o cadastro seja incluído no sistema do governo federal.

A partir disso, é possível consultar a inscrição através do aplicativo Meu CadÚnico e emitir a certidão que comprova o cadastro da família. Depois desse procedimento, o governo federal fará a seleção das famílias que atenderem aos requisitos para serem incluídas na folha de pagamentos a partir do mês de dezembro. 

LEIA TAMBÉM | CadÚnico 2021: saiba como atualizar para receber o Auxílio Brasil

 

Você pode gostar também