Dólar sobe a R$ 5,60 após Bolsonaro rejeitar ‘Renda Brasil’ de Guedes

A reação do mercado aconteceu depois de o presidente Jair Bolsonaro rejeitar a proposta de Paulo Guedes para implantar o Renda Brasil – programa assistencial para substituir o Bolsa Família.

Após uma quarta-feira (26) marcada por tensões no mercado financeiro, a bolsa caiu e o dólar voltou a ultrapassar os R$ 5,60. Assim, o dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,612, com alta de R$ 0,084 (+1,52%).

Com isso, a cotação do dólar chegou ao valor mais alto desde 20 de maio, quando tinha fechado em R$ 5,69.

No início do dia, a moeda norte-americana operava perto da estabilidade. A reação do mercado aconteceu depois de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) rejeitar a proposta de Paulo Guedes para implantar o Renda Brasil – programa assistencial para substituir o Bolsa Família.

Em evento em Ipatinga (MG), o presidente confirmou que a proposta está suspensa, além de se mostrar contrário à eventual extinção do benefício. A ideia era criar um benefício maior que o valor atual do Bolsa Família, de R$ 250 reais por família, em média.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No entanto, a equipe econômica de Guedes propôs propôs corte em outros programas sociais. Entre eles o abono salarial, o seguro-defeso e o Farmácia Popular, para assim respeitar o teto de gastos públicos.

Com isso, o índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira), que também operava perto da estabilidade, passou a cair.

Teto de gastos

Mais tarde, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, reiterou o compromisso com o teto de gastos e disse que nenhuma proposta que viole o limite de despesas federais será votada na Casa. Então, a declaração aliviou a alta do dólar, que chegou a R$ 5,63 na máxima do dia, por volta das 15h, e desacelerou a queda da bolsa.

Assim sendo, o Banco Central (BC) voltou a intervir no câmbio. A autoridade monetária vendeu US$ 650 milhões das reservas internacionais em dois leilões de linha, quando o BC vende parte das reservas com o compromisso de recomprá-las mais tarde.

Via Agência Brasil

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes