Perícia médica do INSS: confira o passo a passo para agendar

Para solicitar o agendamento de perícia médica do INSS de maneira online, é preciso acessar o site Meu INSS. Ou ainda, baixar o aplicativo que leva o mesmo nome.

Devido a pandemia do novo coronavírus, as perícias médicas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) sofreram interrupções. Mas as atividades já vem sendo retomadas de forma gradual. E para ser atendido, é preciso fazer agendamento pelo portal Meu INSS ou pelo telefone 135. Nesse sentido, há também a possibilidade de remarcar perícia agendada que acabou não sendo realizada.

A partir da Portaria nº 412, publicada no dia 23 de março no Diário Oficial da União (DOU), as agências do INSS tiveram atividades suspensas. Mas no mês de setembro a reabertura teve início. Dessa forma, o horário e os procedimentos realizados estão limitados. As agências abrem às 7h e fecham às 13h, e os serviços oferecidos são:

  • Avaliação social;
  • Cumprimento de exigência;
  • Justificação administrativa;
  • Reabilitação profissional.

Passo a passo para agendar perícia médica do INSS

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em princípio, para solicitar o agendamento de perícia médica do INSS de maneira online, é preciso acessar o site Meu INSS. Ou ainda, baixar o aplicativo que leva o mesmo nome. Veja o passo a passo:

  1. Acessar o portal Meu INSS;
  2. Realizar login;
  3. Clicar em “Agende sua Perícia”;
  4. Acessar a opção “Agendar Novo”;

Então, basta comparecer a unidade do INSS na data marcada. Há também, casos em que esse procedimento ocorre na casa do segurado ou em hospital. Em seguida, será possível acompanhar o pedido do benefício em questão na mesma plataforma, na seção “Resultado de requerimento/Benefício por incapacidade”.

Ademais, confira também, alguns documentos o INSS pode solicitar, a depender do tipo de segurado:

  • Documento de identificação oficial com foto, que permita o reconhecimento do requerente;
  • Número do CPF;
  • Carteira de trabalho, carnês de contribuição e outros documentos que comprovem pagamento ao INSS;
  • Para quem está empregado, declaração assinada pelo empregador, informando a data do último dia trabalhado (se precisar, imprima o requerimento);
  • Comunicação de acidente de trabalho (CAT), se for o caso;
  • Para quem é segurado especial, documentos que comprovem esta situação, como contratos de arrendamento, entre outros.

Por fim, um dos benefícios previdenciários que exigem a comprovação por perícia médica do INSS é o auxílio-doença. Se trata de um valor pago a segurados que estão temporariamente incapazes de trabalhar, por acometimento de doença ou acidente. A saber, outro exemplo beneficio que necessita da realização da perícia é o auxílio-acidente, que se trata de uma indenização paga ao trabalhador segurado em caso de ocorrer acidente que reduza de maneira permanente a capacidade de trabalhar.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes