Pedágios mais caros em SP: confira as novas tarifas

O reajuste estava previsto para 1º de julho, mas foi adiado devido a pandemia da Covid-19.

Depois do adiamento de quase seis meses, o reajuste das tarifas de pedágios em São Paulo entrou em vigor. Os valores foram publicados no Diário Oficial do Estado no dia 20 de novembro, e começaram a valer no dia 1 de dezembro de 2020.

O reajuste estava previsto para 1º de julho, mas foi adiado devido a pandemia da Covid-19. A saber, as atualizações seguem critérios contratuais e a correção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) entre julho de 2019 e junho de 2020.

As tarifas das concessionárias que fazem parte da primeira e segunda fase do programa de concessões terão reajuste de 1,88%. Estão incluídas as empresas: CCR Autoban, AB Colinas, Ecovias, Intervias, Renovias, CCR SPVias, Tebe, Triângulo do Sol, CCR ViaOeste, CART, Ecopistas, RodoAnel, Rodovias do Tietê, Rota das Bandeiras, SPMar e Via Rondon.

Ao passo que, os pedágios da Rodovia dos Tamoios terão atualização em 2,13%. Ademais, por motivos de arredondamentos, 19 praças de variadas rodovias não terão reajuste.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nota-se ainda que o aumento dos pedágios de praças da concessionária ViaPaulista entraram em vigor no dia 23 de novembro. A alta foi de 3,17%, com base na evolução do IPCA, entre setembro do ano passado e setembro deste ano.

Aumento de tarifas em pedágios de SP

Então veja alguns exemplos de reajustes nos pedágios de São Paulo:

  • No sistema Anchieta-Imigrantes, na praça Riacho Grande e na praça Piratininga o pedágio anterior era R$ 27,40 e passa a ser de R$ 28,00
  • No sistema Anhanguera-Bandeirantes, o pedágio passa de R$ 9,60 para R$ 9,80
  • No sistema Raposo-Castelo Branco, nas praças de Osasco e Barueri a tarifa anterior era de R$ 4,40 e agora é de R$ 4,50. Já na de praça de o valor passou de R$ 8,80 para R$ 9,00. Enquanto na praça São Roque o pedágio foi de R$ 9,40 para R$ 9,60.
  • No sistema Ayrton Senna-Carvalho Pinto, as praças Guararema e São José dos Campos tiveram aumento de R$ 3,60 para R$ 3,70. Ao passo que as praças de Itaquaquecetuba e Caçapava mantiveram o mesmo valor

 

Leia também:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes