Reunião do Copom 2021 eleva taxa básica de juros a 9,25%

É a sétima alta da Selic consecutiva

A Reunião do Copom 2021, Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, anunciou nesta quarta-feira, dia 8 de dezembro, a elevação da taxa básica de juros de 7,75% para 9,25% ao ano. Esse é o maior patamar desde julho de 2017.

Leia também – Aumento da taxa Selic: o que muda para o bolso do brasileiro?

Como ficou a taxa Selic hoje em Reunião do Copom 2021?

A Reunião do Copom 2021 decidiu, por unanimidade, elevar a taxa básica de juros para 9,25% a.a. Esse foi o sétimo reajuste consecutivo na taxa Selic, depois de passar seis anos sem elevação.

De acordo com o Banco Central, no cenário externo, o ambiente se tornou menos favorável. Alguns bancos centrais das principais economias expressaram claramente a necessidade de cautela frente à maior persistência da inflação, tornando as condições financeiras mais desafiadoras para economias emergentes. Além disso, a possibilidade de nova onda da Covid-19 durante o inverno e o aparecimento da variante Ômicron adicionam incerteza quanto ao ritmo de recuperação nas economias centrais.

Em relação à atividade econômica brasileira, indicadores divulgados desde a última reunião mostram novamente uma evolução moderadamente abaixo da esperada.

O que é a taxa selic?

​A Selic é a taxa básica de juros da economia. É o principal instrumento de política monetária utilizado pelo Banco Central (BC) para controlar a inflação. Ela influencia todas as taxas de juros do país, como as taxas de juros dos empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras.

Relacionado – Selic: guia completo de como a taxa influencia sua vida

Você pode gostar também