Saiba onde tem o número do PIS em carteira de trabalho antiga

Os trabalhadores devem saber onde tem o número do PIS em carteira de trabalho antiga, pois esse número é um dos requisitos para fazer a consulta de benefícios como o FGTS (Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço) e abono salarial, por exemplo.

Se você ainda não sabe qual é o seu PIS, veja a seguir como descobrir qual é esse número.

O que é PIS?

Quando o trabalhador se registra em um emprego formal pela primeira vez, é gerado o PIS (Programa de Integração Social). Esse número possui 11 dígitos e sua inscrição é voltada ao empregado que atua no setor privado, portanto, ele é único para cada cidadão brasileiro. 

Mesmo que o empregado mude de empresa, esse número permanece o mesmo e é utilizado para o governo identificar o colaborador e garantir o cumprimento dos seus direitos trabalhistas. Um desses direitos é receber o abono salarial que possui o mesmo nome e que paga anualmente até um salário mínimo aos trabalhadores. 

Mas atenção: não confunda o PIS com o Pasep que, por sua vez, é  destinado ao cidadão que trabalha registrado no setor público. Por outro lado, o PIS e o NIS (Número de Identificação Social) são exatamente o mesmo número, mas  gerados em duas bases de dados diferentes.

Onde tem o número do PIS em carteira de trabalho antiga?

Atualmente, existem algumas formas de descobrir o PIS pela internet, mas isso nem sempre foi tão fácil. Então, aqueles que querem saber onde tem o número do PIS em carteira de trabalho antiga, é necessário conferir o documento com calma, pois no modelo antigo não há essa informação de forma tão explícita.

- PUBLICIDADE -

O primeiro passo é conferir a primeira página do documento. Veja se o PIS está registrado no topo da página que possui a foto do trabalhador. Caso não encontre, verifique no campo de “Anotações Gerais”. 

Nas versões do documento que são ainda mais antigas, para saber onde tem o número do PIS em carteira de trabalho antiga, o trabalhador deve conferir se o número do PIS está registrado em um cartão da Caixa Econômica Federal.

Foto: Samara Arruda

 

Era costume dos órgãos que faziam a emissão da carteira de trabalho, anexar o cartão com a identificação e os dados do trabalhador. Antes da utilização de sistemas informatizados, esse documento também era utilizado quando havia a necessidade de comprovar a inscrição do cidadão no PIS. 

LEIA TAMBÉM | PIS/Pasep 2022: como será feito o pagamento ano que vem

Como saber o número do PIS com o CPF?

Mas se você não tem esse cartão ou ainda não encontrou o número do PIS em carteira de trabalho antiga, mas precisa do número para conferir seus benefícios, saiba que também é possível fazer a consulta pelo CPF. São várias as formas de conferir esse número, dentre elas, está a consulta das seguintes opções: 

Portal Meu INSS: acesse o portal Meu INSS e clique em “Entrar com gov.br”. Informe seu CPF e escolha a opção “Meu Cadastro”. Serão exibidos todos os seus dados, assim como o seu NIT/PIS.

App Caixa Trabalhador: baixe o aplicativo Caixa Trabalhador e clique em “Acessar”. Depois, informe seu CPF e clique em “Próximo”. Procure pela opção opção “Meu NIS” que é o seu número PIS. 

Como fica o PIS com a CTPS Digital?

Desde setembro de 2019, está disponível a carteira de trabalho digital (CTPS Digital), criada para substituir o documento de papel. Então, para ter acesso às suas informações, sejam elas antigas ou atuais, basta instalar o aplicativo no celular.

Através dessa opção, também é possível conferir o seu PIS, acessando com seu CPF. Depois, basta clicar em “Contratos” e, escolher a opção “+” para ser exibido os detalhes do seu contrato, incluindo o número do PIS.

- PUBLICIDADE -

É importante ressaltar que, agora, com a CTPS Digital a identificação do trabalhador no ato da contratação tem sido feita através do CPF. Desta forma, o número do PIS deixa de ser utilizado nesta plataforma. 

PIS
Comentários (0)
Comentar