Caixa libera saque Emergencial do FGTS; veja quem pode receber

O Saque Emergencial do FGTS já está disponível para nascidos em novembro e dezembro. Trabalhadores devem movimentar conta até o fim do mês.

O Saque Emergencial do FGTS é para trabalhadores com carteira assinada. Sendo assim, nascidos em novembro e dezembro podem sacar o valor de R$ 1.045 desde 14 de novembro. Essa é a última parcela para quem optou pelo benefício.

Contudo, vale ressaltar que o valor deve ser movimentado até 30 de novembro. Caso contrário, o recurso retorna para a conta do FGTS do titular. O pagamento é realizado pelo app Caixa Tem, na Conta Poupança Social Digital do trabalhador.

Por fim, os valores podem ser retirados de conta ativas ou inativas. O saque emergencial do FGTS ficará disponível até 31 de dezembro.

Calendário do Saque Emergencial do FGTS

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os pagamentos do Saque Emergencial do FGTS acontece de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Dessa forma, quem nasceu em novembro e dezembro já recebeu no dia 14 de novembro, a última parcela do lote de pagamentos.

Ao todo, foram nove ciclos de pagamentos no valor de R$ 1.045. Portanto, confira o calendário:

  • Janeiro – a partir de 25 de julho de 2020
  • Fevereiro – 8 de agosto
  • Março – 22 de agosto
  • Abril – 09 de setembro
  • Maio – 19 de setembro
  • Junho – 03 de outubro
  • Nascidos em julho e em agosto –  17 de outubro
  • Trabalhadores que nasceram em setembro e outubro – 31 de outubro
  • Nascidos em novembro e dezembro – 14 de novembro.

Por fim, quem solicitou o saque do FGTS, recebeu o crédito na Conta Poupança Social Digital, mas não movimentou, tem até o dia 30 de novembro para realizar saque ou transferências. Isso porque, após a data, o valor de R$ 1.045 deve voltar a conta do FGTS do trabalhador, sem descontos.

Documentos necessários para o saque

Os documentos para efetuar o saque emergencial do FGTS são:

  • CPF;
  • Documento de identidade, como o RG;
  • Cartão do Cidadão;
  • Carteira de Trabalho;
  • Número do PIS/Pasep do trabalhador ou NIS/NIT.

Sendo assim, o trabalhador deve ir à agência Caixa mais próxima para receber o benefício de R$ 1.045. Contudo, o recurso também é disponibilizado no app Caixa Tem, por meio da Conta Poupança Social Digital.

Pelo aplicativo, pode-se realizar pagamentos de boletos, como por exemplo gastos com água e luz. Mas também, efetuar transferências com o saque emergencial do FGTS.

 

Leia também

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes