Saque Emergencial do FGTS acaba em dois meses; confira prazos

O saque emergencial do FGTS pode ocorrer até 31 de dezembro. A medida provisória nº 946/2020, prevê o saque de R$ 1.045 para trabalhadores. O trabalhador recebe o pagamento conforme o mês de aniversário, mas deve solicitar o recurso pelo app FGTS ou CaixaTem.

Contudo, o último pagamento do FGTS emergencial é no dia 14 de novembro, para nascidos de novembro e dezembro. Trabalhadores que fizeram aniversário nos meses anteriores já tiveram o valor disponível para saque.

 

Quem tem direito ao Saque Emergencial do FGTS?

O saque emergencial do FGTS é um direito para trabalhadores que possuam saldo no FGTS. Sendo assim, o valor de R$ 1.045 pode ser retirado de contas ativas ou inativas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Sendo assim, o trabalhador que queria receber o benefício precisa solicitar o FGTS Emergencial nas plataformas digitais da Caixa Econômica Federal, aplicativo FGTS ou aplicativo CaixaTem.

Dessa forma, o valor fica disponível até 31 de dezembro de 2020 para qualquer movimentação financeira, como por exemplo saques e transferências. Além disso, pagamentos de boletos e contas de água, luz por meio do Caixa Poupança Social Digital.

Por fim, é importante lembrar que o saque emergencial do FGTS é uma medida exclusiva para o ano de 2020, para injetar recursos na economia para conter a crise.

Quais são os documentos necessários?

Os documentos necessários para efetuar o saque emergencial do FGTS são:

  • CPF;
  • Documento de identidade, como o RG;
  • Cartão do Cidadão;
  • Carteira de Trabalho;
  • Número do PIS/Pasep do trabalhador ou NIS/NIT.

 

Calendário do Saque Emergencial do FGTS

O pagamento do saque emergencial do FGTS acontece pelo mês de aniversário do trabalhador. Sendo assim, o último lote de pagamentos será em 14 de novembro para quem solicitou o benefício.

Mas também, quem solicitou o saque do FGTS, recebeu o crédito na Conta Poupança Social Digital, mas não movimentou, tem até o dia 30 de novembro para realizar saque ou transferências. Isso porque, após a data, o valor de R$ 1.045 deve voltar a conta do FGTS do trabalhador, sem descontos.

Confira o calendário de saque ou transferência, de acordo com o mês de nascimento:

  • Janeiro – a partir de 25 de julho de 2020
  • Fevereiro – 8 de agosto
  • Março – 22 de agosto
  • Abril – 09 de setembro
  • Maio – 19 de setembro
  • Junho – 03 de outubro
  • Julho –  17 de outubro
  • Agosto –  17 de outubro
  • Setembro – 31 de outubro
  • Outubro – 31 de outubro
  • Novembro – 14 de novembro
  • Dezembro – 14 de novembro

Leia também

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes