Quem vai receber R$ 250 do Auxílio emergencial 2021

Com mais restrição, o auxílio emergencial 2021 não vai contemplar todos os brasileiros que receberam o benefício em 2020.

Com a confirmação do auxílio emergencial 2021, muitas pessoas querem saber quem pode receber o benefício novamente. Mas o governo federal e o Ministério da Economia já alertaram: nem todos os beneficiários do auxílio de 2020 devem entrar na nova conta. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) quer evitar uma crise financeira do seu governo.

Na segunda-feira, 1º de março, Bolsonaro comentou sobre as dificuldades da volta do auxílio emergencial 2021, e aproveitou para mandar um recado à aqueles que não se contentarem com o valor, que será de quatro parcelas mensais de R$ 250. “Alguns reclamam: é muito pouco. Meu Deus do céu, alguém sabe quanto custa isso para todos vocês brasileiros? O nome é ‘auxílio’, não é aposentadoria”, afirmou o presidente.

Quem vai poder receber o R$ 250 do novo auxílio emergencial?

Bolsonaro não descarta prorrogação de Auxílio Emergencial 2021 aos brasileiros
Presidente não descarta prorrogação de Auxílio Emergencial a brasileiros (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O governo fará um pente-fino nos beneficiários do auxílio emergencial em 2020 para definir quem deve receber a ajuda em 2021. Portanto, quem se cadastrou no ano passado, não terá que fazer um novo recadastramento. O governo deve selecionar os novos beneficiários através dos mesmos dados já enviados em 2020, e vai  também cruzar com outros cadastros como o Imposto de renda, INSS, MEI, CNIS, CAGED, entre outros.

Quem deve passar pelo pente-fino do auxílio emergencial 2021:

  • Servidores públicos
  • Aposentado
  • Pensionista
  • Quem recebe BPC
  • Quem recebe seguro-desemprego
  • Pessoas com vínculo empregatício ativo

Quem não deve receber o novo auxílio emergencial:

  • Dependentes declarados no Imposto de Renda
  • Quem deixou a situação de desemprego
  • Inscritos do Bolsa Família
  • Inscritos de benefícios previdenciários 

No caso dos inscritos do Bolsa Família, a equipe econômica do governo federal já declarou que deve incluir mais brasileiros no programa nos próximos meses, e assim, pretende zerar a fila de espera de 1 milhão de pessoas. Entretanto, a confirmação sobre esta informação deve acontecer nos próximos dias.

Leia também

Calendário do Bolsa Família; veja quando será o pagamento do…

Veja como fazer consulta do auxílio emergencial pelo celular

Quando vai sair a primeira parcela do auxílio de 2021?

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta terça-feira, 2 de março, após a confirmação do novo auxílio emergencial feita pelo presidente Jair Bolsonaro, que a primeira parcela do auxílio de 2021 deve ser paga ainda neste mês de março.

Através da sua conta do Twitter, Arthur Lira informou que a maioria dos líderes da Câmara manifestaram apoio à tramitação especial da PEC Emergencial, para que o pagamento seja pago ainda em março.

Como conseguir o benefício?

Para conseguir a contemplação do benefício, os candidatos precisam estar inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e devidamente atualizados para receber as parcelas que estão previstas para os meses de março a junho. Se o CadÚnico não estiver atualizado, a pessoa precisa se dirigir à Referência de Assistência Social de sua região.

O pagamento do auxílio emergencial 2021 acontecerá como o anterior, através do aplicativo Caixa Tem, disponibilizado pela Caixa Econômica Federal. O aplicativo é gratuito e está disponível para dispositivos com sistema operacional Android ou iOs.

Mães solteiras e auxílio emergencial 2021

Em 2020, as mulheres brasileiras mães solo tiveram respaldo do governo através do auxílio emergencial. No entanto, para esta nova rodada, elas não deverão ser inclusas na conta. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo. Vale ressaltar que o auxílio emergencial ajudou milhares de brasileiros em 2020, ano marcado pela crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes