Auxílio emergencial para empresário? Veja como receber

Os empreendedores poderão aderir aos financiamentos com uma carência de 12 meses para pagamento, juro zero e 36 meses para amortização.

O governador do estado de Santa Catarina, Carlos Moisés, anunciou na segunda-feira (29) a criação de linhas de auxílio emergencial para empresários no estado. Ao todo, o montante disponibilizado será de R$ 1,5 bilhão. O governo estadual irá arcar com as taxas de juros, em um investimento de aproximadamente R$ 250 milhões.

Estão beneficiados pelo auxílio emergencial os empresários de micro e pequenas empresas, e também para os microempreendedores (MEI). Os empreendedores poderão aderir aos financiamentos com uma carência de 12 meses para pagamento, juro zero e 36 meses para amortização.

Os valores do auxílio emergencial para empresários funciona da seguinte forma: os microempreendedores individuais (MEIs) poderão solicitar até R$ 10 mil. Já os micro e pequenos empreendedores podem requerer a ajuda de até R$ 100 mil, contudo, não podem demitir os funcionários dos estabelecimentos durante o período de carência.

“O Governo do Estado vai pagar 100% dos juros. Se o empresário pegar um valor de R$ 100 mil, por exemplo, ele terá 12 meses para começar a pagar e fará o pagamento em outros 36 meses. Nesse caso, o Estado arcará com mais de R$ 35 mil em juros. Ocorrerá da mesma maneira para quem pegar valores menores”, explicou o governador.

Como conseguir auxílio emergencial para empresários?

A criação do auxílio emergencial para empresários ocorre por meio de Medida Provisória, que foi enviada na segunda à Assembleia Legislativa (Alesc). Segundo o governador, a medida tem por objetivo principal a manutenção do nível de emprego no Estado. Ele lembrou que Santa Catarina já possui a menor taxa de desemprego do país.

Com isso, ainda não está definido como será o processo de solicitação da ajuda emergencial. Conforme esteja firmado o processo de solicitação, o governo estadual divulgará no site quais passos os empreendedores precisam seguir.

Leia também:

Novas parcelas do auxílio emergencial atendem MEI a partir de abril

Auxílio emergencial de SP paga até R$ 200; veja como receber

Auxílio do Rio de Janeiro: saiba como receber de R$ 108 a R$ 500

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes