Mídia negra: 10 sites antirracistas para ampliar reflexões sobre o racismo

Esses portais são considerados referência em todo o país quando se trata de representatividade e trazem reflexões sobre temas importantes da sociedade, além do racismo.

Os sites antirracistas têm um papel fundamental no desenvolvimento e difusão da imprensa negra no Brasil. Eles são compostos exclusivamente por jornalistas, produtores de conteúdo e outros profissionais negros, que veem nesses espaços a possibilidade de desenvolver suas opiniões sobre diversos temas que atingem toda a sociedade.

Por isso, listamos uma série de iniciativas através de blogs, portais, revistas online e sites antirracistas organizados por afrodescendentes. Eles propõem expor notícias não só sobre racismo, como também realizar reflexões, apresentar pontos de vista e ações afirmativas do povo negro no Brasil e em todo o mundo.

Pois como diria a escritora e ativista Angela Davis, “numa sociedade racista, não basta não ser racista, é preciso ser antirracista”.

 

10 Sites antirracistas que você precisa acompanhar agora mesmo

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Mídia negra: 10 sites antirracistas para ampliar reflexões sobre o racismo
Reprodução / Pexels

Então, se você precisa ampliar o seu repertório e sair da zona de conforto, confira os sites antirracistas que separamos a seguir. Sem dúvidas, você mudará sua perspectiva sobre diversos assuntos.

Portal Geledés

Provavelmente esse seja um dos sites antirracistas mais conhecidos dessa lista. O Portal Geledés é uma organização política fundada em 1988 por mulheres negras.

Desde então, esse portal vem lutando contra o sexismo e o racismo. Aliás, o nome Geledés deriva da cultura Iorubá, e significa uma sociedade secreta feminina.

Vale salientar que essa é uma das principais ONG’s voltadas para o feminismo negro no país e que desenvolve diversas ações afirmativas e campanhas contra o racismo.

Alma Preta Jornalismo

O site Alma Preta é uma agência de jornalismo com foco em notícias raciais. A ideia do portal foi posta em prática em 2015, por jovens da Universidade Estadual Paulista.

Hoje ele realiza reportagens, colunas, análises e coberturas da comunidade afro-brasileira. Além disso, ainda há produções audiovisuais, divulgações de eventos sociais e ilustrações na plataforma.

Blogueiras Negras

O Blogueiras Negras é um projeto referência para mulheres que se identificam com a luta das feministas negras e a causa antirracista. Ele está no ar desde 8 de março de 2012, especificamente no Dia Internacional da Mulher.

O portal conta com mais de 1000 colaboradoras e é um veículo de partilha e diálogo. Certamente, o Blogueiras Negras é um dos mais importantes espaços de representatividade para mulheres afrodescendentes e negras. Um dos sites antirracistas mais importantes atualmente.

Mundo Negro

Não poderíamos deixar de mencionar um dos sites antirracistas mais necessários no momento atual. Esse portal é voltado não só para a comunidade negra brasileira, como para outras pessoas que se interessem pelos assuntos expostos. Mas não espere notícias apenas sobre racismo, pois o espaço é bastante plural e aborda diversos assuntos.

O veículo traz notícias recentes, dicas de entretenimento voltadas para o universo negro e matérias sobre arte, cultura e estilo. Além disso, o site ainda possui uma agenda cultural, dicas sobre carreira e negócios, entre outras editorias interessantes.

Notícia Preta

O portal Notícia Preta também traz reflexões acerca do racismo, mas também atua de forma afirmativa dando destaque à cultura negra. Lá você encontrará artigos interessantes para a comunidade afro-brasileira.

Resistência Afroliterária

Para quem se interessa por arte e cultura, esse é um dos espaços voltados para a divulgação da arte negra no Brasil. No portal você encontrará reflexões, artigos, resenhas e indicações sobre literatura e outras artes feitas de pessoas negras para outras pessoas negras.

Coletivo Pico Preto

E por falar em cultura, outro importante portal que ajuda a divulgar e expandir a arte local é o Coletivo Pico Preto. Ele deu continuidade ao Coletivo Ponto Art, só que dessa vez focado em integrantes essencialmente negros. Ou seja, ele é composto por jornalistas, produtores, fotógrafos e ilustradores afrodescendentes.

Além disso, o grupo ainda organiza uma série de outros projetos importantes, como a Revista Pico Preto, espetáculos de teatro e encontros de cultura.

Site Negrê

O Negrê também é considerado um dos mais atuais sites antirracistas, com foco na cultura negra. Nele é possível encontrar notícias do Brasil e do Mundo, uma editoria com narrativas e escrita negras, além de uma sessão divida por estados nordestinos, região onde surgiu o projeto.

Segundo o portal, o objetivo é contribuir na luta contra o racismo ao produzir um jornalismo antirracista.

Revista Afirmativa

Enquanto isso, a Revista Afirmativa é um espaço colaborativo e multimídia, que produz um jornalismo humanizado, diverso e popular. Eles atuam dando voz a juventude negra e tem como objetivo romper o discurso imparcial da grande mídia tradicional.

Por isso, ele é composto por um grupo de profissionais da comunicação ativos em causas sociais. Ou seja, o veículo tem como meta garantir a representatividade de negros na mídia de forma diversa e qualificada.

Conexão Malunga

O Conexão Malunga é um portal específico de tecnologia voltado para os saberes afro-brasileiros. Essa plataforma reúne notícias, desafios e abre discussões acerca das tecnologias da informação e comunicação para a emancipação.

Enfim, é preciso não só reconhecer o racismo como lutar contra ele através de ações afirmativas. Sem dúvidas, esses sites antirracistas representam um papel importante na sociedade brasileira que queremos construir.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes