Fortaleza demite Marcelo Chamusca; veja quem assume a equipe

Em menos de dois meses no cargo, Chamusca acumulou nove jogos com quatro derrotas, quatro empates e apenas uma derrota; treinador deixa a equipe na 15ª colocação, a dois pontos do Z-4.

O Fortaleza demitiu o técnico Marcelo Chamusca. O clube encerrou os trabalhos com o treinador logo depois da derrota para o Sport, nesta quarta-feira (6), por 1 a 0, em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Há seis jogos sem vencer, o Tricolor do Pici ocupa a 15ª colocação na tabela.

Por meio das redes sociais, o clube comunicou o desligamento de Marcelo Chamusca, na manhã desta quinta (7). Treinador encerrou sua terceira passagem pela equipe cearense, mas sem sucesso.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Campanha de Chamusca no Fortaleza

Marcelo Chamusca foi contratado para substituir o então técnico da equipe, Rogério Ceni, que se transferiu para o Flamengo. Chamusca, que fazia ótimo trabalho na Série B com o Cuiabá, chegou ao Fortaleza no dia 12 de novembro. Além dele, chegaram ao clube o preparador físico, Leão Roger Gouveia, e Caio Autuori, auxiliar técnico. A comissão técnica tinha contrato válido até dezembro de 2021.

No entanto, após menos de dois meses, o Fortaleza demitiu Marcelo Chamusca. Isso porque neste período, a equipe realizou nove jogos, com quatro derrotas, quatro empates, e apenas uma vitória. De 27 pontos disputados, o Leão somou sete, e agora se preocupa com a zona do rebaixamento.

O time somou 31 pontos em 28 rodadas, e hoje, é o 15ª colocado a dois pontos da zona do rebaixamento. No entanto, o Vasco, primeira equipe no Z-4, tem dois jogos a menos que o Tricolor do Pici, caso vença algum desses confrontos, já deixaria o Fortaleza na beira do ‘abismo’.

+ Boca Juniors e Santos empatam sem gols, e confronto fica aberto

Futuro do Fortaleza após demitir Chamusca

O Leão volta a campo neste sábado (9), às 21h, na Arena Castelão, para enfrentar o Grêmio, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem Marcelo Chamusca, o Fortaleza então deve ter o auxiliar técnico Léo Porto, na beira do gramado. Porto administrará o trabalho dessa sexta-feira (8), e provavelmente comanda a equipe no sábado.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes