Agüero tem quantos gols na carreira? Veja números do argentino

O atacante de 33 anos anunciou sua aposentadoria do futebol por problemas cardíacos

O atacante argentino Sergio ‘Kun’ Agüero, de 33 anos de idade, anunciou a aposentadoria do futebol por problemas cardíacos. Em coletiva de imprensa no Camp Nou no dia 15 de dezembro, o atleta do Barcelona explicou que tomou a decisão pensando em sua saúde, por conta de uma arritmia que sofreu logo após uma partida contra o Alavés em outubro. Ele ainda contou que pretende continuar ligado ao esporte. Confira números de Agüero: gols e carreira como profissional.

Quantos gols Agüero tem na carreira?

Natural de Buenos Aires, o atacante argentino Sergio ‘Kun’ Agüero tem 426 gols ao longo de 786 jogos em quase 18 anos de carreira como jogador profissional de futebol. Foram 23 gols pelo Independiente-ARG, 101 pelo Atlético de Madrid-ESP, 260 pelo Manchester City-ING, 1 pelo Barcelona-ESP e 41 pela Seleção Argentina. A informação é da ESPN da Argentina.

O jogador tem, portanto, uma média de 0,54 gols por jogo, marcando praticamente um gol a cada duas partidas. Uma excelente marca para qualquer atleta.


Das 786 atuações como profissional, 56 foram pelo Independiente em três anos, 234 pelo Atlético de Madrid em cinco temporadas, 390 pelo Manchester City em quase uma década, cinco pelo Barcelona em cerca de quatro meses e 101 pela Argentina em 15 anos de convocações.

Veja o vídeo com os maiores gols da carreira de Agüero

Carreira

Ao estrear profissionalmente pelo Independiente, da Argentina, Aguero se tornou o jogador mais jovem a jogar pela primeira divisão do futebol argentino com com 15 anos, 1 mês e 3 dias de idade. Com a camisa 34, o atacante entrou na derrota para o San Lorenzo em partida do campeonato argentino de 2003.


Ele bateu o recorde que pertencia a Diego Maradona que, em outubro 1976 pelo Argentino Juniors-ARG, fez sua primeira partida com 15 anos, 11 meses e 20 dias de idade, 10 dias antes de completar 16 anos.

Apesar da estreia precoce pelo “Rei de Copas”, Aguero só atuou em 56 partidas com a camisa vermelha, marcando 23 vezes e ficando no clube até os 18 anos de idade. O atacante ficou marcado especialmente pela facilidade de marcar tentos, inclusive contra o rival Racing, no “clássico de Avellaneda”.

Agüero no futebol europeu

Em julho de 2006, o atacante foi vendido ao Atlético de Madrid, da Espanha, por 20 milhões de euros, se tornando, na época, a maior venda do futebol argentino e a maior contratação da história do clube europeu.

No time da capital espanhola, chegou já com a camisa 10 e atuou durante 5 temporadas pelo “Colchonero”. Com concorrência forte na La Liga, nunca conseguiu ser campeão nacional, porém, na temporada de 2009-10, levantou a taça da Liga Europa, vencendo o Fullham, da Inglaterra, na final, por 2 a 1.

Formando uma das melhores duplas de ataques da história do ‘Atleti’ ao lado do uruguaio Diego Forlán, Aguero também foi campeão da Supercopa da UEFA, em 2010-11, vencendo a então campeã da Champions League, Inter de Milão por 2 a 0. O argentino marcou o segundo gol da decisão.

Depois disso, foi contratado pelo Manchester City, da Inglaterra, para atuar a partir da temporada 2011-12, quando, já no primeiro ano, fez um dos gols mais importantes da história do clube. Na última rodada da Premier League, o City precisava vencer o Queen Park Rangers para ser campeão inglês pela primeira vez depois de 44 anos. Com fortes emoções e tom de herói, o então camisa 16 marcou o gol da virada do time aos 48 minutos da segunda etapa, após estar perdendo a partida até os 46, e deu o título à equipe.


Aquela campanha foi um marco na história do Manchester City porque foi a primeira conquista após a chegada de investimento estrangeiro e abriu as portas para mais inúmeros títulos nos anos seguintes. No clube, o argentino conquistou

Além disso, se tornou o maior artilheiro do time, o maior artilheiro não-inglês da Premier League, o quarto maior artilheiro da Premier League, é o recordista de prêmios de jogador do mês da liga, com sete troféus, é o jogador com mais gols por um único clube na Premier League (184) e marcou em 32 das 33 equipes que enfrentou na competição.

Conquistou cinco títulos ingleses (2011-12, 2013-14, 2017-18, 2018-19 e 2020-21), seis Copas da Liga Ingles (2013-14, 2015-16, 2017-18, 2018-19, 2019-2020 e 2020-21), três Supercopas da Inglaterra (2012, 2018 e 2019) e uma FA CUP (2018-19). Também chegou a uma final de Liga dos Campeões em 2020-21.

Após quase dez anos no clube, se despediu do Manchester City em maio de 2021 e foi para o Barcelona, de graça, para jogar a temporada de 2021-22. Após cinco partidas e um gol marcado pelo clube catalão, anunciou a sua aposentadoria por problemas cardíacos.

Pela Seleção da Argentina, foi campeão da Copa América de 2021 e medalha de ouro nas Olímpiadas de Pequim em 2008. Nas categorias inferiores, foi bicampeão do mundo sub-20 em 2005 e 2007.

Leia também: Vai e vem do Mercado da Bola 2022: confira as últimas notícias

Você pode gostar também