Série B 2020: quais times devem subir e quem briga para não cair

Ao final de 2020, os dois primeiros colocados da Série B têm 99% de chances de subir para a primeira divisão; veja as probabilidades

O ano de 2020 chegou ao fim, mas a briga por um lugar na elite do Brasileirão segue com tudo na Série B. No entanto, apenas duas vagas estão em disputa. Afinal, os dois primeiros colocados da classificação estão com uma mão na vaga faltando seis rodadas para o final da competição. 

Série B 2020: Quem deve subir 

De acordo com o site Infobola, especializado em probabilidades no futebol, Chapecoense e América-MG têm 99% de chances de subir para a Série A. O time catarinense lidera a Série B de 2020 com 62 pontos, dois a mais que o clube mineiro. 

Juventude e Cuiabá completam o G4, mas têm um jogo a mais. Ainda assim, o time gaúcho está com 53% de chances de conseguir o acesso. Já os cuiabanos, que chegaram a liderar a Série B 2020, têm 52% de probabilidade de subir. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Mas a briga pelas duas vagas restantes deve ser acirrada. Afinal, pelo menos oito times fora do G4 ainda têm possibilidades matemáticas de chegar à primeira divisão. Entre eles está o Cruzeiro. No entanto, o time de Felipão está a dez pontos da zona de classificação, com apenas 1% de chances de subir.

Com 41 pontos, o Cruzeiro está em 11º lugar e vem de empate sem gols em casa contra o Cuiabá. O clube mineiro está empatado com o Operário-PR, que ocupa a 12ª posição e também está com 1% de probabilidade de conseguir o acesso.

Veja a seguir, portanto, os outros clubes que ainda têm chances matemáticas de terminar a Série B 2020 no G4, segundo o site Infobola.

  • CSA: 48 pontos, 39%
  • Guarani: 47 pontos, 32%
  • Sampaio Correa: 45 pontos, 12%
  • Ponte Preta: 46 pontos, 7%
  • Avaí: 44 pontos, 3%
  • Brasil de Pelotas: 43 pontos, 2%
Felipão comanda o Cruzeiro na Série B
Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Briga contra o rebaixamento

Assim como a disputa pelo acesso, a luta contra o rebaixamento também está parcialmente definida. Afinal, Oeste e Botafogo-SP estão com 99% de chances de cair para a Série C.

Curiosamente, a probabilidade de queda do Cruzeiro é a mesma de acesso: 1%. Mas a briga deve ficar mesmo entre quatro clubes: Paraná, Náutico, Figueirense e Vitória.

Com 32 pontos, o Paraná Clube está com 73% de probabilidade de ser rebaixado. O Náutico fecha a zona de rebaixamento com três pontos a mais. No entanto, o clube pernambucano tem menos chances de cair que o Figueirense, que só está fora do Z4 por causa do saldo de gols.

Confira então a seguir como estão as possibilidades de queda dos times que lutam contra o rebaixamento na Série B de 2020, de acordo com o Infobola.

  • Paraná: 32 pontos, 73%
  • Náutico: 35 pontos, 35%
  • Figueirense: 35 pontos, 43%
  • Vitória: 36 pontos, 37%
  • Confiança: 39 pontos, 6%
  • Operário-PR: 41 pontos, 2%
  • Cruzeiro: 41 pontos, 1%
  • Brasil de Pelotas: 43 pontos, 1%

Chances do Cruzeiro na Série B 2020

Precisando conquistar todos os pontos restantes e ainda torcer contra os adversários que estão na frente, o Cruzeiro tem chances mínimas de acesso na Série B 2020. Assim, o time mineiro deverá ser o primeiro clube considerado grande a repetir de ano na era dos pontos corridos.

Afinal, o Cruzeiro está mais perto do Z4 que do G4. Mas o técnico Luiz Felipe Scolari alega que o objetivo foi cumprido, pois o time chegou a estar ameaçado de rebaixamento. “O que eu vim fazer e o que vamos fazer é tirar o Cruzeiro da Série C”, afirmou Felipão.

Além do Cruzeiro, outros sete times tradicionais já caíram para a segunda divisão nos pontos corridos. São eles: Vasco (3 vezes), Botafogo (2 vezes), Palmeiras (2 vezes), Grêmio, Atlético-MG, Corinthians e Internacional. O Fluminense foi rebaixado no final dos anos 90, e chegou a cair para a Série C.

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes