Cabelo queimado: dicas de tratamento e cuidados para recuperar os fios

Não se desespere com ao perceber o seu cabelo queimado. É possível recuperar os fios com as nossas dicas de tratamentos e cuidados.

Quem já teve o cabelo queimado por secador, chapinha, babyliss ou pelo uso de químicas sabe o quão desesperador é passar por essa experiência.

Se você está vivendo isso neste momento, aprenda a seguir algumas dicas de tratamentos e cuidados para recuperar os fios do cabelo danificado e evitar futuros acidentes.

 

Cabelo queimado: quais as causas?

causas dos fios danificados
Reprodução / Unplash

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Antes de tudo, vamos frisar que não é só quem utiliza aparelhos térmicos que podem sofrer com o cabelo queimado. É claro que quem usa a chapinha, secador ou babyliss no seu cotidiano, corre mais o risco de ter esse incômodo.

Entretanto, o cabelo pode queimar com o uso excessivo de química nos procedimentos capilares como alisamento, descoloração e tintura. Por exemplo, ao não respeitar os intervalos entre as aplicações ou a mistura de produtos ser incompatível.

Da mesma forma, a exposição por muito tempo aos raios solares não faz bem aos cabelos, deixando os fios fracos e com aspecto áspero e seco.

Logo, o uso incorreto e em excesso de aparelhos térmicos, de químicas e exposição ao sol são os vilões do cabelo danificado.

Como identificar um cabelo danificado?

Geralmente, o cheiro de fios queimados e a nuvem de fumaça que se forma ao redor da cabeça não deixam dúvidas: é cabelo queimado. Brincadeiras à parte, mas realmente não é nada agradável perceber esse problema e sentir o seu cabelo diferente. Mas diferente como?

Além do cheiro ou da imagem, é fundamental identificar a gravidade da queimadura dos fios para entender os primeiros cuidados. Sendo assim, fios ressecados, porosos, opacos e quebradiços já são sinais de cabelo danificado. Pois todos esses procedimentos, se utilizados em excesso ou de forma incorreta, retiram a proteção natural da fibra capilar.

Cabe ressaltar que os fios queimados podem ser resultado de vários processos pelo qual o cabelo passou durante meses. Ou seja, o problema vai além de um descuido em casa ou acidente no salão de beleza.

Cabelo queimado: como recuperar e dicas de prevenção

dicas para tratar cabelo queimado
Holistic Habits (Reprodução / Instagram)

 

Agora que você já entendeu as causas e como identificar um cabelo danificado, é bom não entrar em pânico e anotar essas dicas de tratamentos e prevenção. Entretanto, saiba que cada caso vai exigir um cuidado diferente.

 

Utilize um bom protetor térmico

Para proteger os fios do secador, chapinha ou babyliss, a dica é nunca se esquecer de utilizar o protetor térmico. Afinal, é ele que vai proteger os fios das altas temperaturas, mantendo a fibra capilar saudável.

Aplique máscaras ou produtos naturais

Assim que você identificar o cabelo queimado, um método de cuidado rápido é utilizar máscaras reconstrutoras. Portanto, opte por produtos cosméticos específicos que recuperam os fios danificados como os que contém queratina, colágeno, proteínas e aminoácidos.

De tal forma que é possível recorrer também aos tratamentos naturais, com receitas caseiras para a hidratação e recuperação dos cabelos.

 

Reconstrução capilar para cabelo danificado

A reconstrução capilar é uma ótima aliada para cuidar do cabelo danificado. Ela é uma das últimas etapas do cronograma capilar e responsável por repor os nutrientes perdidos durante um procedimento químico como alisamento, descoloração ou tinturas. Aliás, ela é indicada no cabelo queimado por descoloração.

 

Proteção solar

É imprescindível a proteção solar para os cabelos. Como já falamos, a exposição excessiva aos raios solares também deixa os fios danificados.

Além disso, se as suas madeixas estiverem em estado de alerta, é bom utilizar proteções físicas como lenços, turbantes e chapéus quando estiver ao ar livre e no sol.

 

Diminuir o uso de aparelhos térmicos e químicas

uso de aparelhos térmicos cabelos danificados
Reprodução / Unplash

 

Se você não abre mão do secador ou de algum procedimento químico, a dica é tentar reduzir o uso para dar um respiro aos fios. Por exemplo, você pode alternar as semanas de uso dos aparelhos térmicos e adiar por mais tempo o alisamento.

Corte

Em último caso e nas situações mais graves de cabelo queimado, a única solução para voltar a ter os cabelos saudáveis é entrar na tesoura. Então, procure um profissional para te orientar sobre o estado dos fios e a melhor opção, como o corte.

Dicas extras para evitar o cabelo queimado

Por fim, ao manusear os aparelhos térmicos, tenha precauções como:

  • Não deixe o secador e a chapinha por muito tempo nos cabelos. Respeite as recomendações do fabricante do produto.
  • Mantenha o secador a uma distância de 10 a 15 centímetros entre o cabelo. Além disso, não deixe o jato de calor do aparelho no mesmo ponto por muito tempo.
  • Quando você for usar a chapinha, não demore muito tempo nas pontas para não queimá-las.
Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes