Eleições 2020: Covas tem melhor avaliação como prefeito, diz Datafolha

O candidato Guilherme Boulos só se sai melhor do que o tucano quando a pergunta é sobre quem vai defender mais os pobres. Confira

Eleições 2020 – Cerca de 35% dos paulistanos aprovam a gestão do prefeito e candidato a reeleição da cidade de São Paulo, Bruno Covas, do PSDB. Pesquisa levantada pelo Datafolha diz que ele é o candidato mais preparado do que seu adversário no segundo turno, Guilherme Boulos (PSOL).

Combate a pandemia

Tal percepção é ancorada em diversos fatores, principalmente a experiência e o manejo da pandemia da Covid-19.

Para 55% dos paulistanos, Bruno Covas é mais preparado para lidar com a pandemia do novo coronavírus do que Boulos, que leva 26% apenas de aprovação.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Covas também é o mais preparado na área de saúde (54% a 32%), educação (48% a 39%) e transportes (45% a 37%). Em termos de imagem pessoal, o prefeito é julgado mais trabalhador por 48%, ante 33% que acham isso de Boulos.

Com uma margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a pesquisa foi realizada na última segunda-feira (23) e ouviu cerca de 1.260 eleitores paulistanos que vão votar no segundo turno das Eleições 2020. Ela está registrada no  Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) pelo número SP-0985/2020.

Em 21 e 22 de setembro, no início da corrida eleitoral, 25% achavam ele ótimo e bom, índice que oscilou para 28% em 5 e 6 de outubro. Ao todo, 21% reprovavam a gestão do prefeito e 43% e achavam o prefeito regular (ante 45% há dois meses e 42%, há um mês e meio).

Veja o que os eleitores paulistanos acham da gestão de Bruno Covas

  • Ótimo ou Bom – 59% de aprovação
  • Regular – 35%
  • Ruim ou Péssimo – 4%

Aprovação de Covas por faixa etária e grau de escolaridade dos paulistanos

  • Mais velhos (acima de 60 anos) – 46% de aprovação
  • Mais jovens – 21% de aprovação
  • Menos escolarizados – 44%
  • Mais escolarizados (nível superior) – 28% de aprovação

Corrida afunilada nas Eleições 2020

No começo de novembro, com todos os outros candidatos na disputa, o tucano marcava 34% de “o mais preparado” e o candidato psolista, 14%. Mas agora a corrida está afunilada.

Já hoje, no fim do mês de novembro e perto do segundo turno das Eleições 2020,  para 54% dos eleitores paulistanos, Covas é mais preparado para liderar a prefeitura da cidade de São Paulo do que Boulos, que tem 36% apenas de aprovação. No mesmo levantamento, Covas tem 55% dos votos válidos, ante 45% de Boulos.

A experiência é um dos pontos que pesam a favor do tucano. Cerca de 68% do eleitorado considera ele ‘mais experiente’ que Boulos, que tem apenas 20%. Já no quesito moderação, 54% dos paulistanos acreditam que o tucano tem um discurso mais moderado contra 33% do psolista, visto como radical.

Defesa dos mais pobres

Eleições 2020: Covas é o mais preparado, diz Datafolha
Cerca de 53% dos eleitores paulistanos acreditam que Boulos é o que mais vai fazer pelos mais pobres (Foto: Roberto Casimiro/Fotoarena/O Globo)

O candidato Guilherme Boulos se sai melhor do que o tucano quando a pergunta é sobre quem vai defender mais os pobres (53% a 30%) e na sua lógica inversa: 64% dizem que Covas protegerá os mais ricos, enquanto 15% veem o psolista nessa posição.

Já cerca de 39% dos moradores da capital paulista, acham que o nome do PSOL não irá cumprir suas promessas e contra 37% do tucano.

Candidato mais honesto para as Eleições 2020 em SP

  • Covas – 37%
  • Boulos – 30%
  • Nenhum dos dois – 19%

Uma ressalva para 89% dos paulistanos entrevistados acreditam que ambos devem ter ausência de ligação com corrupção e 91% acham que nenhum deve ter ligação com crimes profundos.

Guia Eleitoral das Eleições 2020

Eleições 2020: veja tudo que rolou no Roda Viva com Covas e Boulos

Eleições 2020: Covas tem menos seguidores que Boulos, mas gasta o dobro nas redes

Eleições 2020: segundo turno será no dia 29 de novembro

Eleições 2020: 15 cidades do Estado de SP estão no segundo turno

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes