Eleição 2022: o que é voto em trânsito e como solicitar

O prazo para aqueles que precisavam transferir o título de eleitor se encerrou no dia 4 de maio, mas isso não quer dizer que quem perdeu a data não poderá votar. Em alguns casos, será possível fazer o voto em trânsito para o pleito de 2022, que irá eleger governadores, senadores, deputados estaduais e federais, além da presidência.

O que é o voto em trânsito 2022

O voto em trânsito 2022 é uma opção para os eleitores que já sabem que não vão estar no seu domicílio eleitoral durante o primeiro ou o segundo turno das eleições. Essa é uma alternativa prevista na Lei nº 4.737/1965 do Código Eleitoral, que permite que, no caso das eleições gerais, o eleitor consiga solicitar a votação em outra localidade nos dias do pleito.

Dessa forma, quem não conseguiu transferir o título de eleitor dentro do prazo, pode recorrer ao voto em trânsito 2022 para não deixar de comparecer às urnas. No entanto, essa modalidade é permitida apenas para os eleitores que estiverem com o título de eleitor regularizado, já que o período para a realização do cadastro eleitoral em 2022 já foi encerrado. Possíveis pendências ou débitos perante a Justiça Eleitoral podem ser consultados pelo portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Como solicitar o voto em trânsito

Neste ano, segundo o calendário eleitoral, o prazo para solicitar o voto em trânsito 2022 vai de 12 de julho a 18 de agosto. A solicitação poderá ser feita via internet pelo portal do TSE durante esse período, em que será necessário já indicar a cidade em que deseja votar nos dias do pleito.

Até o dia 17 de julho, os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) devem divulgar os locais disponíveis para quem precisa solicitar o voto em trânsito 2022. De acordo com o TSE, as urnas voltadas para esse fim vão estar disponíveis apenas em capitais e municípios com mais de 100 mil eleitores, em que as seções vão precisar ter no mínimo 50 e no máximo 400 eleitores. O eleitor que estiver habilitado para votar em trânsito mas não comparecer em algum dos turnos precisará justificar a sua ausência da mesma forma.

Quem pode votar em trânsito

A opção do voto em trânsito 2022 é possibilitada para qualquer eleitor que esteja com sua situação eleitoral regularizada, e tenha conhecimento de que vai estar em outra localidade nos dias do pleito. Mas, há algumas especificações para cada caso. Aqueles que estiverem em uma cidade fora da Unidade da Federação (UF) do seu domicílio eleitoral poderão votar apenas para o cargo de presidente da República.

Já para quem se encontrar em outra localidade, porém dentro da mesma UF de origem, vai poder votar em todos os cargos: presidente, governador, senador, deputado federal e estadual. E, para casos de eleitores que estiverem no exterior, não é permitida a realização do voto em trânsito em outro país. No entanto, quem tiver título eleitoral cadastrado no exterior, mas se encontrar no território brasileiro durante os turnos da eleição 2022 também poderá votar para o cargo de presidente da República.

Quando será a eleição de 2022

De acordo com o calendário disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o primeiro turno das eleições de 2022 será no dia 2 de outubro, enquanto o segundo ocorrerá no dia 30 do mesmo mês.

Neste ano, a eleição será feita entre as 8h e às 17h do horário de Brasília. Dessa forma, a apuração deve começar ao mesmo tempo em todo o país. Em Manaus, por exemplo, os eleitores poderão votar entre as 7h e as 16h. Já em Fernando de Noronha, a eleição será realizada entre das 9h às 18h.

Os cargos que serão disputados nas eleições de 2022 são: presidente da República e vice, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais (ou distritais, no caso do Distrito Federal). No total, o número de candidatos eleitos este ano deve ultrapassar a marca dos 1.600, incluindo as Assembleias Legislativas de cada unidade da federação.

Veja também: Eleições 2022: qual a multa por não votar e consequências

Você pode gostar também
buy cialis online