Mulheres na política: veja 8 nomes que se destacam no Brasil e no Mundo

Nomes de mulheres na política se destacam, não apenas no Brasil, mas no mundo, com diferentes partidos e ideologias

O número de mulheres na política cresceu no Brasil. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral houve recorde de candidaturas femininas em 2020 . Assim, foram 186.144 pedidos de mulheres.

Além disso, também cabe notar que essas foram as primeiras eleições coma cota de 30% de candidaturas femininas. Com isso, cada partido reservou para mulheres 3 a cada 10 candidaturas a vereador.

Portanto, as mulheres na política buscam mais protagonismo. O que certamente se reflete no eleitorado, com 52% do número total.

Todavia, de fato alguns nomes se destacam mais que os outros. Não apenas no Brasil mas em todo o mundo. Primeiramente, como Dilma Rousseff, a primeira mulher eleita presidente no país.  E mais recentemente, temos o exemplo de Kamala Harris, a primeira vice-presidente nos Estados Unidos.

Ainda que concorram com diferentes partidos e, portanto, representem ideologias distintas, o papel das mulheres dentro da política é crucial. Afinal, elas defendem desde o feminismo e questões de gênero até ideias mais conservadoras.

E assim, com essa alta de mulheres na política, confira agora mesmo uma lista com 8 nomes que fizeram a diferença no cenário brasileiro e mundial.

 

Dilma rousseff
Imagem: divulgação roberto/stuckert filho.

1. Dilma Rousseff

Em primeiro lugar, formada em Economia e filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT), Dilma Roussef foi a 36ª Presidente do Brasil. Ela exerceu o cargo de 2011  até 2016, após um processo de impeachment. Desde a juventude se interessou pelo socialismo, aliando-se a movimentos de esquerda.

No governo do ex-presidente Lula, chefiou o Ministério de Minas e Energia e Casa Civil. Até que, em 2010, concorreu à eleição presidencial.

 

Kamala harris
Imagem: reprodução/twitter

2. Kamala Harris

Na sequência, a advogada, a norte-americana Kamala Harris assume em janeiro de 2021 o cargo de vice-presidente dos Estados Unidos. Ela é, portanto, a primeira mulher eleita na história. É filiada ao Partido Democrata, onde se tornou senadora dos Estados Unidos pela Califórnia, em 2017.

Ademais, exerce o cargo de procuradora-geral da Califórnia desde 2011. Contudo, também entrou na história como a primeira mulher neste posto.

 

Sâmia bomfim
Imagem: reproução/facebook

3. Sâmia Bomfim

Em terceiro lugar, outro nome que de destaca entre as mulheres na política é, Sâmia Bomfim. Em 2016, foi a vereadora mais votada em São Paulo. Filiada ao PSOL,  é deputada federal e defende pautas feministas.

É formada em Letras pela Universidade de São Paulo (USP), onde iniciou a sua militância política. Assim  em 2016, organizou as manifestações contra o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Também esteve a frente dos protestos contra a Cultura do estupro.

 

Margaret thatcher
Imagem: reprodução/twitter

4 . Margaret Thatcher

A política britânica foi a primeira mulher eleita Primeira-Ministra do Reino Unido de 1979 a 1990. E Líder da Oposição entre 1975 e 1979. Também era conhecida como “Dama de Ferro”.

Fez uma série de medidas e mudanças e ainda anunciou um plano para a redução dos impostos, que passou a controlar. Bem como também realizou reformas institucionais nos sindicatos trabalhistas.

 

Janaína paschoal
Imagem: reprodução/facebook

5. Janaína Paschoal

Outra representante das mulheres na política do Brasil é a advogada e política Janaina Paschoal. Ela  ficou conhecida como autora no pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Ainda em 2018, foi a deputada estadual mais votada da História. Na época, recebeu 2.060.786 de votos. E até hoje em dia defende pautas voltadas à educação, segurança pública e combate à corrupção.

 

Hillary clinton
Imagem: reprodução/twitter

6. Hillary Clinton

A advogada e política norte-americana Hillary Clinton é uma das mulheres na política. Isso porque foi secretária de Estado dos Estados Unidos de 2009 a 2013.  EB.M senadora por Nova Iorque entre 2001 e 2009.

Também foi primeira-dama de 1993 a 2001, e na sequência candidatou-se junto ao Partido Democrata na disputa presidencial de 2016.

Ainda como primeira-dama dos Estados Unidos, lutou pela igualdade de gênero e a reforma da saúde. Depois, como secretária de Estado, defendeu a intervenção militar na Líbia, no ano de 2012.

Manuela d'ávila
Imagem: reprodução/twitter

7.  Manuela d’Ávila

A jornalista Manuela d’Ávila também é uma das mulheres na política do Brasil. Em 2004 foi a vereadora mais jovem da história de Porto Alegre. Já em 2006 e 2010 se elegeu deputada federal.

Foi pré-candidata à Presidência para a eleição de 2018. Contudo, se uniu à campanha de Fernando Haddad, para vice-presidente.  Hoje em dia disputa o segundo turno para a prefeitura de Porto Alegre.

Angela merkel
Imagem: divulgação/harvard university

8. Angela Merkel

Por fim, a chanceler Angela Merkel que dirige a Alemanha desde 2005. Ademais, se reelegeu em março de 2018. Desse modo, Merkel é a primeira mulher neste cargo no país.

Ademais, ela recebeu o título de  “a mulher mais poderosa do mundo” pela revista Forbes. Portanto é uma grande representante das mulheres na política.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.