Popularidade digital de Bolsonaro cai enquanto Lula cresce

Em contrapartida ao declínio do atual presidente, Lula registrou um aumento de buscas.

A empresa de consultoria Quaest divulgou uma pesquisa que mostrou que a popularidade digital de Jair Bolsonaro (sem partido) caiu no mês de março com relação ao começo do ano. Em contrapartida, houve um aumento de buscas pelo ex-presidente Lula. A pesquisa foi feita com base no Índice de Popularidade Digital (IPD), que mede uma escala de interesse que vai de 0 até 100. Em janeiro, Bolsonaro registrava a marca de 83,2 pontos, em março o número chegou a 62,3.

Popularidade Digital de Bolsonaro

Enquanto Bolsonaro perde sua popularidade digital, Lula conseguiu um aumento significativo. Seu IPD, que registrava 40,3 pontos em janeiro deste ano, passou a registrar 55,9 agora em março. A consultoria, entretanto, afirmou que esse crescimento do presidente Lula pode estar relacionado com a alta dos preços de combustíveis e dos alimentos. Pois as pessoas estão buscando fazer comparações entre os governos. O crescimento de Lula estaria relacionado aos índices de interesse, medidos a partir de buscas no Google, Youtube e Wikipedia. As buscas feitas seriam feitas a respeito de como estavam os preços em sua gestão, durante os anos de 2002 até 2010.

Além disso, Bolsonaro vem registrando queda no índice de popularidade digital desde o começo de seu mandato. Em 2019, seu primeiro ano de exercício, ele registrou uma média de 85, 3 pontos no IPD. Em 2020, foram 80,7. Neste mês de março, o número está na casa dos 60 pontos apenas, o que configura sua maior queda de popularidade digital.

IPD

Além de Lula e Bolsonaro, a empresa também mediu a popularidade digital de outros 10 nomes cotados para disputar a presidência da republica em 2022. Entre eles estão: Luciano Huck, Sérgio Moro e o governador de São Paulo João Dória (PSDB). Contudo, as médias deles foi baixas, todas ficaram abaixo dos 45 pontos. O IPD é obtido a partir de seis indicadores: presença, fama, engajamento, mobilização, valência e interesse.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.