Capuchinha é uma flor linda, comestível e cheia de benefícios 

Conheça tudo sobre essa planta que, além de enfeitar seus pratos, pode enriquecer a saúde com suas propriedades e nutrientes. 

Você já ouviu falar em PANCs? De acordo com uma cartilha preparada pelo Instituto Federal de Santa Catarina, a sigla se refere às Plantas Alimentícias Não Convencionais. Ou seja, mesmo fazendo pouco sucesso na cozinha, tais espécies apresentam alto valor nutricional e colaboram para uma dieta equilibrada e saudável. Neste artigo, você aprende tudo sobre a capuchinha, uma PANC rica em nutrientes e benefícios para a saúde. 

 

O que é a capuchinha? 

capuchinha
Imagem: reprodução / Pinterest

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

capuchinha é uma planta medicinal que tem também outros nomes por aí, como chagas, flor-do-sangue e mastruço, por exemplo. Sua origem é a região dos Andes, na América do Sul. Os ramos são rasteiros ou escandentes, com crescimento vertical assim como as trepadeiras. É linda e, por isso, fica ótima na decoração.  

As cores das flores variam do amarelo-claro ao vermelho vivo. O responsável pelos tons é o grupo dos carotenoides, do qual fazem parte o licopeno e a luteína. Essas substâncias são, de fato, essenciais para a saúde por conta da ação antioxidante, que potencializa o sistema imunológico e protege as células do envelhecimento.  

Por outro lado, as folhas, verdes e arredondadas, são perfeitas para sucos, chás e infusões. Mas não se deve exagerar no consumo, já que pode causar irritação gástrica. Aliás, é interessante saber que a capuchinha é toda comestível: folhas, flores, frutos e sementes. Tudo isso pode ir para o seu prato. Enquanto o aroma é agradável, o sabor é picante, similar ao agrião e à rúcula. Segundo a cartilha do IFSC, elas podem ser consumidas cruas tanto quanto em preparações quentes. Por fim, as sementes são tostadas e moídas e, dessa forma, substituem a pimenta-do-reino. 

Com relação aos nutrientes, a planta é fonte ainda de vitaminas A e C, bem como muitos minerais, inclusive fósforo, potássio, magnésio, cobre e, principalmente, zinco.  

 

Quais os benefícios para a saúde? 

benefícios
Imagem: reprodução / Instagram

 

O IFSC indica que a capuchinha é um bom anti-inflamatório e tem alto potencial digestivo. Ademais, suas propriedades previnem e cuidam de doenças de pele como acne e eczema, por exemplo, e ajudam a tratar infecções urinárias.  

Já dissemos que a planta dá uma força extra à imunidade, protegendo o corpo contra gripes e resfriados. Além disso, a grande quantidade de vitamina C evita o desenvolvimento de escorbuto, doença rara que causa fraqueza e cansaço. 

Com efeito expectorante, alivia sintomas respiratórios, assim como tosse, bronquite e sinusite. Por fim, auxilia na saúde dos cabelos, pois fortalece o couro cabeludo, e até no emagrecimento. Isso porque combate a retenção de líquidos.  

Apesar de tantos benefícios, a capuchinha possui algumas contraindicações. É o caso de quem tem gastrite, hipotireoidismo, insuficiência cardíaca ou renal, crianças e mulheres grávidas ou amamentando. 

 

Como plantar capuchinha em casa? 

como plantar
Imagem: reprodução / Pinterest

 

O cultivo da capuchinha é bem simples e requer poucos cuidados. Em primeiro lugar, você precisa de sementes ou ainda de uma muda ou galho.  

Ela não gosta de frio, mas resiste bem ao clima seco, já que retém a umidade da terra, e não precisa de muito espaço. No entanto, exige bastante luz – no mínimo quatro horas de sol direto são necessárias. Plante em qualquer época do ano, mas saiba que a flor surge mais rápido na primavera.  

Use estacas ou treliças para dar suporte ao crescimento vertical da capuchinha. Já com relação ao solo, deve ser rico em matéria orgânica. Faça regas espaçadas para manter a terra úmida, mas sem encharcar. 

Em geral, a produção ocorre depois de 50 dias do plantio, mas pode levar até três meses. Faça a colheita da flor só quando estiver totalmente aberta. Por outro lado, os frutos devem estar verdes para o consumo. Quanto às folhas, são ser ingeridas ao longo de todo o desenvolvimento da capuchinha. 

 

Como consumir a planta? 

 

capuchinha é muito versátil na culinária. Vai bem em saladas, complementando carnes e queijos e como conserva. Atenção para as folhas: use sempre frescas, pois quando secam, perdem as propriedades.  

Confira então algumas receitas com a planta. 

 

Chá de capuchinha 

 Ingredientes
1 litro de água
4 colheres de sopa de folhas e flores de capuchinha picadas ou 2 colheres de sopa de sementes da planta

Modo de preparo
Acrescente as partes de capuchinha à água fervente, mas com o fogo desligado. Tampe a panela e deixe a infusão repousar por dez minutos. Por fim, coe o líquido e beba de duas a quatro xícaras por dia.  

 

Omelete  

Ingredientes
4 flores, 2 sementes e 2 folhas de capuchinha, mas somente as pétalas 
2 colheres de sopa de leite 
3 ovos
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Parmesão ralado a gosto

Modo de Preparo
Em primeiro lugar, bata bem os ovos em um recipiente e adicione o sal e a pimenta. Eles devem ficar, então, aerados e homogêneos. Em seguida, coloque o leite, o queijo e as sementes de capuchinha.  

Despeje a mistura na frigideira e doure bem dos dois lados. Na hora de servir, acrescente as folhas e flores e, por fim, regue com um fio de azeite. 

 

Molho pesto de capuchinha 

molho pesto de capuchinha
Imagem: Rita Taraborelli (reprodução / Instagram)

 

Ingredientes
2 xícaras de folhas de capuchinha
½ xícara de avelãs
1 dente de alho
Suco de um limão
½ xícara de azeite
5 colheres de água gelada
Salsa e manjericão a gosto
Pimenta-do-reino e sal a gosto

Modo de preparo
Tudo o que você precisa fazer para essa receita é processar todos os ingredientes até obter um creme homogêneo. Além disso, pode usar o liquidificador para bater tudo. Você pode servir com qualquer tipo de massa e finalizar com flores frescas de capuchinha 

 

Salada verde  

Ingredientes
Rúcula 
Alface 
Agrião
8 a 10 flores de capuchinha

Modo de preparo
Comece lavando bem todas as folhas. Enquanto elas secam, lave com cuidado as flores. Em seguida, coloque todos os ingredientes em um prato grande e raso. Você pode temperar com azeite e vinagre balsâmico. 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes