Viajar gastando pouco: melhores dicas para economizar na viagem

Foi-se o tempo em que fazer uma viagem era algo muito caro. Hoje é possível viajar gastando pouco e realizar o sonho de conhecer novos lugares mesmo sem ter muito dinheiro. 

Não existe uma fórmula mágica, mas sim algumas dicas e informações que podem ajudar a montar um roteiro que seja mais econômico, mas sem perrengues e com um pouco de conforto. Afinal, quem viaja gosta de descansar e aproveitar! 

E independente do destino, seja uma viagem mais curta ou mais longa, o ideal para quem quer viajar gastando pouco é sempre pensar e organizar tudo com antecedência. Assim, o planejamento é o ponto mais importante, de preferência já estipulando um cálculo de gastos diários e anotando. Tudo isso irá ajudar bastante.  

Imagem: Pixabay / Reprodução

Planejamento para viajar gastando pouco 

Algumas dicas que fazem a diferença e mostram que dá para viajar gastando menos do que você imagina: 

1. Viaje na baixa temporada 

- PUBLICIDADE -

Conhecer uma praia fora do verão ou um destino mais frio longe do inverno pode não parecer a melhor ideia para os viajantes. Mas é uma escolha que impacta diretamente no bolso.  

Além de conseguir preços melhores nas passagens e hospedagem, certamente será possível aproveitar um pouco mais, pois os lugares não estarão tão cheios como na alta temporada. Se possível, evite também os feriadões e outras datas mais procuradas. 

2. Tenha um roteiro flexível 

Ao pensar no destino e fazer o roteiro, esteja aberto a mudanças. Se o destino dos sonhos estiver mais caro, veja outras possibilidades semelhantes. Há diversos destinos baratos no Brasil e muitas vezes um novo lugar poderá surpreender. Também é importante considerar aqueles que sejam mais próximos, pois as passagens serão mais baratas – considere ir de carro ou ônibus, não apenas de avião.  

E se a ideia é fazer uma viagem internacional, outro ponto fundamental para viajar gastando pouco é o valor da moeda. Enquanto euro e dólar valem bem mais que o real, em países da América do Sul costuma acontecer o contrário, ou seja, nossa moeda é mais valiosa. Tudo isso deve ser pensado. 

3. Economize nas passagens 

As passagens devem começar a ser pesquisadas o quanto antes. Assim será possível ter uma noção do valor médio, saber quando o preço está mais baixo e encontrar passagens baratas. Além disso, muitas vezes são realizadas promoções imperdíveis. 

Outra dica é se cadastrar em algum programa de milhas, pois assim irá acumular pontos a cada gasto no cartão de crédito. E, futuramente, as milhas poderão ser trocadas por passagem, baixando ainda mais o custo. 

4. Escolha bem a hospedagem 

- PUBLICIDADE -

O mais importante na escolha da hospedagem é que seja em uma boa localização, em um lugar seguro e de fácil deslocamento. Tudo isso impacta nos gastos. Mas a economia pode ser o barato que sai caro. Prefira economizar em outros aspectos, como quartos mais simples e café da manhã com menos itens.  Pense que o foco serão os passeios e que a hospedagem será apenas um local para dormir.

Pesquise por hotéis e pousadas em sites próprios para isso, veja recomendações de quem já se hospedou. Outra opção para viajar gastando pouco é ficar em hostels, com quartos compartilhados ou privados, que costumam custar bem menos. Pense sempre no custo benefício.  

Imagem: Pixabay / Reprodução

5. Busque hospedagens alternativas 

Há também opções de hospedagens gratuitas. Isso irá depender muito do perfil de cada pessoa e do tipo de viagem que pretende fazer. Alguns hostels oferecem a opção de trabalho em troca de hospedagem. O hóspede faz alguns serviços, como se fosse um funcionário/voluntário. E, em troca, pode dormir sem precisar pagar. 

E, ainda, a opção de sites como o Couchsurfing, que possibilita conhecer moradores do destino escolhido que disponibilizam quartos ou outras dependências para hospedar viajantes. 

6. Faça passeios gratuitos 

- PUBLICIDADE -

Depois de definir o destino e a hospedagem, faça um roteiro com tudo o que você pretende conhecer em cada dia. E estabeleça qual é o valor máximo que você pode gastar na viagem. Assim fica mais fácil calcular a média de gastos e encaixar tudo dentro do seu orçamento.  

Truques para economizar nas viagens 

Focar no planejamento é importante para quem quer viajar gastando pouco. Mas é fundamental ter atenção também durante a viagem, quando fica mais fácil extrapolar nos gastos. Os principais costumam ser com alimentação, passeios, deslocamentos e lembrancinhas. Algumas dicas para economizar em cada um deles: 

Alimentação 

Os restaurantes famosos e/ou próximos de pontos turísticos costumam ser mais caros. Prefira em outras localizações, pratos mais simples. E faça compra no mercado local, assim ficará mais fácil preparar lanches, além de conseguir opções mais saudáveis. 

Passeios 

Busque opções gratuitas. Além dos lugares abertos, muitos destinos têm atrações que possuem um dia de gratuidade ou desconto. Tudo isso irá ajudar a viajar gastando pouco. 

Imagem: Freepik / Reprodução

Deslocamentos 

Em muitos lugares o transporte coletivo funciona bem e pode ser uma ótima opção para o deslocamento, o que já ajuda a conseguir viajar gastando pouco. Deixe para fazer deslocamentos de carro somente à noite ou quando for realmente necessário.  

Dependendo do estilo de destino, as bicicletas podem ser uma ótima possibilidade para fazer esses deslocamentos. E, claro, ande à pé! Primeiro porque não existe maneira melhor de conhecer um lugar. Segundo porque é uma economia.  

Lembrancinhas 

Difícil resistir às lembrancinhas. Seja um enfeite para a casa, um presente para alguém, há sempre algum item que desperta a vontade de comprar. Se quiser ter uma lembrança da cidade, escolha algo mais simples, como um imã de geladeira. E pesquise bastante para comprar com o melhor preço. Já os presentes podem ser evitados, pois além de um gasto a mais, também ocupam bastante espaço na mala. 

E uma dica que pode fazer a diferença em qualquer viagem, principalmente para quem quer viajar gastando pouco, é conversar com os moradores locais. Além de ser ótimo para conhecer melhor o destino, é uma forma de saber dicas de lugares que fogem do circuito turístico e, portanto, possuem valores mais acessíveis ou mesmo gratuitos. 

Comentários (0)
Comentar