Almir Sater mora no Pantanal? Conheça a fazenda de verdade do artista

Artista é um típico pantaneiro e alojou muitos membros da equipe da novela.

Almir Sater mora no pantanal e foi essencial para a equipe do remake da novela Pantanal, que contou com a ajuda do cantor antes mesmo do início do projeto. Natural de Campo Grande, capital do estado do Mato Grosso do Sul, Almir comprou terras na região em que foi gravado o folhetim de Benedito Ruy Barbosa há mais de 30 anos.

Almir Sater filhos: conheça a família do ator de Pantanal

O cantor Almir Sater mora mesmo no Pantanal?

Almir Sater mora no Pantanal e tem mais de uma fazenda em Mato Grosso do Sul. A primeira propriedade que Almir adquiriu fica na beira do Rio Negro, no município de Aquidauana, região em que foi gravada a novela Pantanal de 1990 e também parte do folhetim de 2022. As demais terras do cantor estão localizadas em Maracaju.

Enquanto Aquidauana é localizada a 141 km de Campo Grande, Maracaju é um pouco mais distante e fica a cerca de 160 km da capital do estado. A primeira fazenda de Almir foi adquirida na época em que ele interpretou Xeréu Trindade em Pantanal, já as terras de Maracaju foram compradas anos depois.

Ao site oficial da Globo, pouco antes da estreia do remake de Pantanal, o ator revelou que só conseguiu comprar as terras em Aquidauana após fazer sucesso com a novela da Manchete. Interessado em uma fazenda na beira do Rio Negro, o cantor passou uma década insistindo na venda das terras, mas só conseguiu convencer a antiga proprietária do local quando fez sucesso nas telinhas.

“Mas precisei comprar os fundos da fazenda primeiro para ela me vender essa parte na beira do rio. Aí fui virando fazendeiro também”, revelou o artista.

Almir Sater foi essencial para equipe do remake de Pantanal

Já que Almir Sater mora no Pantanal, o cantor e ator foi uma espécie de guia pessoal para a equipe do remake da novela Pantanal. Antes do início das gravações, alguns membros da produção do folhetim se hospedaram na casa do pantaneiro.

O autor Bruno Luperi, o cenógrafo Alexandre Gomes de Souza, o diretor artístico Rogério Gomes e a gerente de produção Luciana Monteiro viajaram para a região em meados de 2020 para selecionar os espaços que seriam usados na novela. Eles estiveram na propriedade de Almir, que mostrou outras fazendas da região e pessoas que poderiam ser úteis durante as filmagens da obra da TV Globo.

Além de dar dicas sobre a região, Almir também foi anfitrião para grande parte do elenco que pisou no pantanal. Enrique Diaz, Renato Góes, entre outros atores, conversaram com a imprensa antes da estreia da novela e comentaram que foram muito bem recebidos na casa de Almir Sater. Osmar Prado lamentou não ter conseguido atender ao convite do ator, mas disse que espera retornar ao pantanal e então visitar o colega.

Almir sater mora no pantanal
Almir sater mora no pantanal e tem fazenda em maracaju – foto: reprodução/globo

 

Maracaju
Propriedade de maracaju – foto: reprodução/globo

 

Fazenda de almir sater
Foto: reprodução/globo

 

Aquidauana
Almir sater em suas terras de aquidauana – foto: reprodução/votorantim cimentos

Cena entre pai e filho não foi filmada no pantanal

Diferente do que muita gente pode imaginar, o duelo de viola entre Almir Sater e seu filho Gabriel Sater no remake da novela não foi filmada em Mato Grosso do Sul. A cena foi gravada em uma fazenda de pecuária em Guaratiba, no Rio de Janeiro.

Em entrevista à GQ em março, Almir Sater, que mora no pantanal, contou que a decisão de filmar a cena no Rio foi para fugir de picadas e mordidas que poderiam acontecer, pelas cenas acontecerem a noite. “Gravar cenas noturnas na época do verão [no pantanal] não é muito fácil, tem muito inseto, muito mosquito. Todos os bichos peçonhentos saem à noite. Tanto é que no pantanal a gente dorme cedo e acorda bem cedo também”, contou o ator.

Além das seis fazendas que serviram de cenário para a novela Pantanal na região de Aquidauana, o folhetim também foi gravado no Rio de Janeiro. Algumas filmagens aconteceram em áreas externas como o duelo dos Sater gravado em Guaratiba, e as demais foram realizadas nos estúdios da Globo.

Em 1990, Almir Sater foi Trindade, papel que agora é de seu filho Gabriel Sater. No remake, Almir interpreta o chalaneiro Eugênio.

Veja como foi o duelo de viola de pai e filho na novela:

Leia também

De quem é a fazenda da novela Pantanal, mesmo cenário de 1990

Você pode gostar também