Conheça a Matí, a onça que Juma se transforma na novela Pantanal

Onça-pintada aparece nas cenas em que Maria e Juma se transformam no animal

Uma das cenas mais esperadas da novela Pantanal é quando Maria Marruá (Juliana Paes) e Juma se transformam em onça-pintada. Na segunda fase da trama, o mesmo acontece com Juma, sua filha. Para as cenas, a produção da novela escolheu a onça Matí, cuidada pelo Instituto NEX, em Goiás.

Conheça a onça da novela Pantanal

A onça Matí fica em Corumbá de Goiás, na região central do estado, no Instituto NEX, associação sem fins lucrativos que mantém um Criadouro Científico para Fins de Conservação. O projeto atua há mais de 20 anos com conservação de animais silvestres que não podem ser devolvidos para a natureza, de acordo com o portal SOS Pantanal.

Matí é uma onça fêmea, de 35 anos de idade. Ela foi escolhida por ser calma e estar acostumada com a presença de pessoas onde vive. O felino foi levado para o set de gravação, no meio do Pantanal, e foi necessário de todo um esquema especial para que tudo ocorresse como planejado durante os seis dias em que as cenas seriam rodadas.

Poucos profissionais foram escalados para a gravação, incluindo a presença de dois veterinários e uma bióloga na equipe. Houveram muitos intervalos para Matí descansar, monitoramento da área para evitar a aproximação de outros aninais, além de muito silêncio e água fresca.

Quem também conheceu a onça-pintada de Pantanal foi Cristiana Oliveira, que interpretou Juma Marruá na primeira versão da novela em 1990. “Eu nunca tinha visto uma onça. Inclusive, eu gravei durante 11 meses no Pantanal, do Mato Grosso do Sul, e nunca vi. Fui ver em 2015 em um safari, mas muito de longe”, disse em entrevista ao G1.

+ Qual a história de Juma Marruá, protagonista da novela Pantanal

Onça-pintada Matí foi escolhida para aparecer no remake de Pantanal – Foto: Instituto NEX/reprodução

Por que Juma e Maria viram onça?

Juma Marruá se transforma em onça-pintada quando se sente ameaçada. Ela herdou o mesmo poder sobrenatural de sua mãe, Maria, que morrerá assassinada mais adiante na trama.

Quem está curioso para ver as cenas da personagem virando onça não precisará esperar muito. A primeira transformação de Maria Marruá acontecerá no dia 7 de abril, de acordo com o Notícias da TV. Ao chegar no Pantanal com o marido Gil, a matriarca irá engravidar pela quarta vez.

Entretanto, a personagem tem muitos traumas ligados a maternidade. Os três filhos do casal foram assassinados por fazendeiros – o último foi Chico (Túlio Starling), que morreu ao tentar defender sua família quando jagunços foram expulsá-los das terras que adquiriram do golpista Tenório (Murilo Benício).

Para evitar mais um sofrimento, Maria abandona Juma em uma canoa assim que a bebê nasce e a deixa a própria sorte. No entanto, antes de ir embora, ela vê uma sucuri se aproximando do barco, pronta para dar o bote na criança. Prestes a ver a filha ser morta pelo animal, a matriarca se transforma em onça-pintada para defendê-la e espantar o predador.

Maria então se arrepende de abandonar a filha e decide criar a menina. Quando a garota já estiver adulta, será revelado que ela também se transforma em onça.

+ História da novela Pantanal tem conflito por terras e mulher que vira onça

Você pode gostar também
buy cialis online