Dan Stulbach Pantanal: Ibraim tenta aplicar golpe nos Leôncio

Pai e filha estão de olho na fortuna de José Leôncio

Dan Stulbach Pantanal chegou na novela interpretando Ibraim, político corrupto que tentará colocar as mãos no dinheiro de José Leôncio (Marcos Palmeira). Ao descobrir que Érica (Marcela Fetter) está grávida de José Lucas (Irandhir Santos), o deputado vai tentar usar a proximidade com os Leôncio para alavancar sua carreira política e obrigará sua filha a se casar com o herdeiro.

O que vai acontecer com Dan Stulbach Pantanal?

No capítulo desta sexta-feira, 5, Ibraim, personagem de Dan Stulbach Pantanal, vai conversar com José Leôncio sobre a gravidez de Érica. Cobrando por sua “honra”, o corrupto pede para que o rei do gado convença a jornalista a interromper a gestação.

O deputado não vai perder a viagem e ainda tentará se aproximar da família Leôncio para tentar tirar algum proveito político ou financeiro do fazendeiro. O homem tentará trazer José Lucas e Jove (Jesuíta Barbosa) para a política, o que desagrada José Leôncio.

Na primeira versão da trama, Ibraim quis obrigar José Lucas a se casar com Érica e quase conseguiu êxito, se a farsa não tivesse sido descoberto pelo primogênito antes da cerimônia.

O peão chega a se mudar com Érica para São Paulo – as cenas serão mantidas no remake e devem ser exibidas neste sábado, 6. Sob a pressão de Ibraim, os dois começam os preparativos para o casamento, enquanto o deputado só pensa em se promover em cima do nome dos Leôncio.

A união não aconteceu na primeira versão da novela. Momentos antes do casamento, José Lucas descobriu que Érica mentiu e que ela não estava grávida de verdade. Ele havia caído no ‘golpe da barriga’, pensado pela loira e por seu pai para conseguir colocar as mãos na fortuna de José Leôncio.

A história de Érica e José Lucas será diferente no remake de 2022. Conforme adiantado pelo Observatório da TV, a gravidez da loira é verdadeira na novela em exibição na Globo. No entanto, depois que o casamento estiver marcado, a jornalista sofrerá um aborto espontâneo e perderá o bebê.

Com medo de que Zé Lucas não queria mais se casar com sua filha, Ibraim pede para que a filha oculte a informação do primogênito. Mesmo assim, o casamento dos dois não ocorrerá.

Dan
Dan stulbach pantanal interpreta ibraim, pai de érica (marcela fetter) – foto: reprodução/rede globo

José Lucas vai virar político?

Se o roteiro do remake seguir a versão de 1990, José Lucas segue carreira de político sob a influência de Ibraim. De peão a caminhoneiro, o primogênito vai se encontrar na política na reta final da novela.

No último capítulo da primeira versão de Pantanal, o Velho do Rio (Osmar Prado) comenta com o enteado de José Lucas sobre a carreira do rapaz. “E seu pai virou vereador agora, né? Quase não para em casa”, diz a entidade. Isso porque o personagem assume a paternidade do filho de Irma (Camila Morgado) após ela ser abandonada por Trindade (Gabriel Sater).

Sendo assim, quando o Velho do Rio pergunta sobre o pai do garoto, ele se refere a Zé Lucas e não ao peão cramulhão.

Ainda não se sabe se o final do primogênito será o mesmo de 1990. Se Bruno Luperi decidir manter o roteiro escrito por seu avô, Zé Lucas vira político e fica com Irma nos capítulos finais de Pantanal.

Já Érica e Ibraim, Dan Stulbach Pantanal, não conseguem tirar proveito da fortuna de José Leôncio e terminam a novela longe da família Leôncio.

Quando acaba Pantanal?

Pantanal termina em outubro e será substituída por Travessia, escrita por Glória Perez. Até lá, o remake de Bruno Luperi ainda exibe a reconciliação de Jove e Juma (Alanis Guillen), o nascimento da filha do casal, o casamento de José Leôncio (Marcos Palmeira) e Filó (Dira Paes) e o encontro do rei do gado com o Velho do Rio.

 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.