Músicas da novela Pantanal crescem mais de 1700% no Spotify

Chalana cresceu 1710% no número de reproduções no Spotify

As músicas da novela Pantanal estão fazendo tanto sucesso quanto a trama adaptada por Bruno Luperi. Além dos bons índices de audiência que o folhetim trouxe para a Globo, as faixas que embalam os dramas dos personagens registraram aumento no número de reproduções no Spotify.

Músicas da novela Pantanal crescem mais de 1000%

“Lá vai uma chalana / bem longe se vai / navegando no remanso / do rio paraguai”. Os versos de Almir Sater, agora cantados na voz de Roberta Miranda, registraram um aumento de 1710% de reproduções no Spotify, maior plataforma de streaming de música no mundo, entre 29 de março a 27 de maio.

A faixa sempre aparece enquanto Eugênio, interpretado pelo próprio Almir Sater, comanda a chalana pelas águas do rio e transporta passageiros que vem e vão pela região. ‘Chalana’ foi escrita por 1943 por Mario Zan, quando o músico esteve no Pantanal. O músico compôs a letra enquanto estava na sacada de um hotel da região. Porém, os versos só ficaram famosos nas décadas de 70 e 80, quando foram regravados por Almir e Sérgio Reis.

Para o remake no ar na Globo, está sendo utilizada a versão gravada por Miranda em 2008, que faz parte do álbum ‘Senhora Raiz’.

E não foi só Chalana que registrou um aumento expressivo nas redes. A segunda música que mais despertou o interesse dos ouvintes foi ‘Cavalo Preto’, somando 931% de aumento no mesmo período.

A faixa virou um meme da novela. José Leôncio (Marcos Palmeira) não perde uma oportunidade de pedir para Tibério (Guito) e Trindade (Gabriel Sater) tocarem a música durante as rodas de viola organizadas na fazenda.  O interesse pela música também foi ampliado nas buscas no Google. Entre 28 de março, data de estreia do remake, e 23 de maio, hoje, as pesquisas por Cavalo Preto’ saltaram 2000%.

Já ‘Boiada’, de Almir Sater, cresceu 315% na plataforma de streaming. A canção foi lançada em 1989 pelo cantor, parte do álbum Rasta Bonito. Os versões são usados para usar embalar as cenas das comitivas, vida dos peões na fazenda e como fundo para as imagens das belezas naturais do Pantanal.

As outras duas músicas da novela Pantanal que cresceram foram ‘Comitiva Esperança’, de Sérgio Reis, com 98%, e Amor de Índio, de Beto Guedes, com 60%. Esta última é o tema de Jove (Jesuíta Barbosa) e Juma (Alanis Guillen) e foi regravada por Gabriel Sater para fazer parte da trilha sonora do folhetim. A nova versão foi lançada apenas em 21 de maio nas plataformas digitais.

Marília Mendonça é homenageada

As músicas da novela Pantanal também incluem Deprê, de Marília Mendonça, como uma forma de homenagear a cantora, que morreu vítima de um acidente aéreo em novembro de 2021. A faixa está presente na novela em algumas cenas de flerte entre Maria Bruaca e Alcides – em breve, os dois vão engatar um romance na trama.

A faixa foi lançada como single e conta com mais de 61 milhões de reproduções no Sporify, sendo mais um sucesso da cantora. No YouTube, o vídeo ultrapassa a marca de 105 milhões de visualizações – as imagens foram gravadas durante uma live de Marília, feita na sala de sua casa, durante o primeiro pico da pandemia em 2020.

Outro destaque da novela é Eu Tenho a Senha, do cantor João Gomes. A faixa sempre aparece nas cenas de Guta (Julia Dalavia) e Tadeu (José Loreto), além de outros momentos de flerte entre os personagens.

Já ‘Pantanal’, de Marcus Viana, foi regravada na voz de Maria Bethania e é usada como tema de abertura da novela.

Ouça as músicas da novela Pantanal:

<iframe style=”border-radius:12px” src=”https://open.spotify.com/embed/playlist/0K9QXOqGMefwaID2H8muS3?utm_source=generator” width=”100%” height=”380″ frameBorder=”0″ allowfullscreen=”” allow=”autoplay; clipboard-write; encrypted-media; fullscreen; picture-in-picture”></iframe>

+ Música de Marília Mendonça na novela Pantanal é tema de Maria Bruaca

+ Música Cavalo Preto da novela Pantanal vira hit após 76 anos

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.