Novela Pantanal: Irma e Trindade terminam juntos? Namoro terá gravidez

Personagens de Camila Morgado e Trindade se envolvem no folhetim.

Irma chegou sem aviso a casa de José Leôncio em pantanal e irá balançar as estruturas por lá. Primeiro ela tentará reconquistar o cunhado, mas depois Irma e Trindade na novela Pantanal irão se envolver e a irmã de Madeleine deixará o velho peão para lá. O romance irá para frente e resultará até em um herdeiro.

Irma e Trindade ficam juntos na novela Pantanal?

Irma e Trindade não vão terminar juntos a novela Pantanal, se o autor Bruno Luperi repetir os acontecimentos da versão original. Em 1990, a dupla terminou o folhetim separada. Enquanto Trindade seguiu seu caminho pela estrada sozinho, Irma ficou com José Lucas de Nada.

Na novela da Manchete, José Lucas de Nada e Irma chegaram ao último capítulo da trama noivos. O pedido é realizado na reta final do folhetim, depois que Irma já deu a luz ao filho que teve com Trindade. O peão que tem pacto com o diabo não permanece na fazenda de José Leôncio após o nascimento do filho. Após ajudar no parto, Trindade vai embora e pede a Zé Lucas que cuide de Irma e do bebê.

Na trama, Irma e Trindade se conhecem na novela depois que a irmã de Madeleine retorna ao pantanal. No remake, a personagem de Camila Morgado acabou de chegar na casa de José Leôncio. Primeiro, ela tentará ficar com o pai de Jove, mas depois que tiver contato com Trindade, ficará encantada pelo violeiro.

O romance dos dois vai engrenar na novela Pantanal e Irma ficará grávida de Trindade. Segundo Patrícia Kogut do O Globo, a criança terá poderes sobrenaturais. Em uma cena dos próximos capítulos, o peão vai afirmar que seu filho é o responsável por mover uma viola que começa a tocar sozinha.

Porém, o namoro não dá certo. O peão acusa a amada de trair sua confiança e o romance de Irma e Trindade na novela Pantanal acaba antes do nascimento da criança – que é chamada de “Anterinho”, em homenagem ao pai de Irma e Madeleine. Trindade vai embora da fazenda de José Leôncio durante a gravidez de Irma e deixa a mulher aflita e ansiosa por seu retorno. Ele só dá as caras durante o parto, quando Irma passa por complicações e precisa de ajuda para dar a luz. Depois disso, ele parte novamente e não retorna mais.

Irma e trindade
Na novela pantanal irma e trindade ficam juntos, mas final é separado – foto: reprodução/manchete/instagram/@gabrielsateroficial

Quem era Irma em Pantanal de 1990: uma das atrizes não queria papel

Na primeira fase de Pantanal em 1990, Irma foi papel de Carolina Ferraz. Depois dos primeiros capítulos, a trama contou com um salto no tempo e então a personagem apareceu mais velha, desta vez sob a pele da atriz Elaine Cristina.

Carolina Ferraz não estava interessada em participar do projeto, mas foi obrigada a interpretar Irma na novela Pantanal. No começo do ano, em entrevista ao Link Podcast, do portal R7, a famosa contou que recebeu um ultimato.

Na época em início de carreira, Carolina já estava há dois anos trabalhando na Manchete e a frente do Shock e o Programa de Domingo. Jayme Monjardim, diretor de Pantanal, a convidou para ser Irma na novela Pantanal, mas a atriz negou. Porém, ela precisou voltar atrás na decisão. Ferraz contou que o diretor disse: “são apenas 16 capítulos a primeira fase, se você não fizer, está demitida”.

Sem muita escolha, ela disse sim ao projeto, mas acabou gostando do trabalho. Apesar de uma participação pequena na trama, Ferraz chamou a atenção como Irma e em seguida já engatou mais uma obra na Manchete, a novela A História de Ana Raio e Zé Trovão.

Desde então, Ferraz não parou de aparecer nas telinhas. Ela somou mais trabalhos na Manchete, até que conquistou espaço na maior emissora do país. A estreia da famosa na Globo foi com a novela O Mapa da Mina, em 1993, de Cassiano Gabus Mendes. Atualmente, a famosa está na Record.

E quem interpretou Irma mais velha

Depois que Carolina Ferraz deixou o papel, Elaine Cristina entrou em cena. Antes de Pantanal, a famosa já era uma veterana das telinhas e somava quase 30 anos de carreira. Elaine já tinha marcado sucessos como A Viagem (1976), em que viveu Lisa, O Profeta (1977 – 1978), em que foi Sônia, Sinhá Moça (1986), em que interpretou Cândida, entre outas.

No entanto, após Pantanal, Elaine somou poucos projetos no currículo. Ela esteve em alguns trabalhos no final dos anos 1990 e começo dos 2000, depois apareceu em Revelação (2008 – 2009) e na novela Vende-se Um Véu de Noiva do SBT em 2009.

Em 2015, a atriz retornou ao SBT para uma participação especial em Chiquititas, o papel acabou se tornando uma personagem fixa que durou até o final da novela infantil. Atualmente, a atriz não tem nenhum novo projeto nas telinhas, mas compartilha sua vida com os fãs nas redes sociais e no canal no Youtube Arte de Viver.

Assista o relato de Carolina Ferraz:

Leia também

Gustavo fica com quem em Pantanal? Final pode ser diferente de 1990

Você pode gostar também