Paolla Oliveira em Cara e Coragem: casada, Pat ama colega de trabalho

Folhetim estreia no dia 30 de maio e substitui Quanto Mais Vida Melhor na faixa das 19h.

A estreia da próxima novela de Claudia Souto para a faixa das 7 está se aproximando. Paolla Oliveira está em Cara e Coragem e falou um pouco mais sobre o que sua personagem Pat irá viver na trama. Ao lado de Marcelo Serrado, a atriz estrela o folhetim e irá fazer parte de um romance impossível, afinal, a moça é casada, mas ama o colega de trabalho. A famosa também precisou aprender alguns truques para viver uma dublê em cena.

Quem é Paolla Oliveira na novela Cara e Coragem?

Paolla Oliveira em Cara e Coragem é Pat. A personagem é uma dublê que trabalha ao lado de Moa (Marcelo Serrado), é casada com Alfredo (Carmo Dalla Vecchia) e mãe de duas crianças: Sossô (Alice Camargo) e Gui (Diogo Caruso). Ela tem uma paixão secreta pelo colega de profissão, que também tem sentimentos por ela, mas que encara a relação como um amor platônico.

A atriz contou que sua trama na novela terá muito romance, comédia e ação, gêneros típicos da faixa das 19, porém, também muito drama adicionado ao pacote. “As pessoas não esperam por isso em uma novela das 7”, comentou. A autora Claudia Souto explicou que Pat será uma “mocinha” diferente do que geralmente se é visto na teledramaturgia.

Souto avaliou que, geralmente, quando uma personagem feminina principal está passando por um divórcio nas telinhas, é por conta de uma relação já fracassada ou um marido ruim. “Nem sempre as pessoas não são legais. No caso da Pat e do Alfredo, o casamento se transformou, virou mais uma irmandade”, disse.

Marcelo Serrado comentou que classifica seu amor com a personagem de Paolla Oliveira em Cara e Coragem como “uma relação impossível” e comparou com a dinâmica de outros casais das telas, como os das séries Arquivo X e A Gata e O Rato. Já Paolla Oliveira disse que é aí que mora a beleza da história de Moa e Pat. “A graça é que não é impossível”, opinou.

“Muitas vezes, a gente tem esse amor que acha que não está na hora certa de viver”, completou Serrado. O ator acredito que o público irá torcer pelo romance da dupla.

Na novela, além de a colega ser casada, Moa também tem medo de se relacionar com Pat por conta de traumas do passado. O dublê tem mágoas por ter sido abandonado pela esposa, que deixou ele e o filho para trás para viver com Danilo (Ricardo Pereira), que até então era o melhor amigo de Moa.

Cenas de ação

Como vai interpretar uma dublê na novela Cara e Coragem, Paolla Oliveira precisou se preparar para o papel. A atriz fez um workshop com dublês da Rede Globo. Durante as aulas, ela aprendeu algumas técnicas dos profissionais, treinou como rolar de uma escada, pulou de caixas de papelão e se divertiu.

Como já gosta de treinar e praticar esportes, a famosa não precisou mudar muita coisa em sua rotina fitness, mas precisou introduzir a “dança aérea” em suas habilidades. A prática é acrobática, em que os artistas que a realizam precisam saber fazer manobras enquanto estão pendurados em tecidos.

Paolla Oliveira comentou que já tinha um grande respeito pela profissão de dublê, mas que o contato maior com os profissionais da área durante a produção de Cara e Coragem só aumentou ainda mais o prestígio que tem pelos especialistas em ação.

Inversão de papéis com o marido

Na relação que Pat tem com Alfredo na novela, haverá uma certa mudança que o público pode não estar acostumado a ver. O ator Carmo Dalla Vecchia, que vive o personagem, diz que espera que sua participação nas telinhas abra olhos machistas, que sempre colocam a mulher como a responsável pelas principais tarefas da família. Na trama, Alfredo trabalha em casa como ilustrador, por isso é quem cuida diariamente das crianças, os leva para a escola, cozinha, etc.

É Pat quem sai diariamente para trabalhar e fica envolvida com um mundo bastante masculino. “Sem dúvida nenhuma precisamos de exemplos como esse”, frisou o ator.

Rivalidade

Na história de Cara e Coragem, a personagem de Paolla Oliveira viverá momentos de rivalidade com a personagem de Maria Eduarda de Carvalho, que interpreta Andreia Pratini na trama. Andréa será uma famosa atriz. Talentosa e também geniosa, ela é conhecida por dispensar os seus dublês durante cenas de ação, mas terá embates quando precisar do trabalho de Pat.

Ao conhecer Moa, ela se apaixonará pelo dublê e vai ficar com ciúmes do personagem de Marcelo Serrado. Oliveira contou que Andréa não é uma vilã definida na trama, mas alguém que arranjará muitas confusões e dores de cabeça para Pat.

Saiba mais sobre a personagem com a chamada da novela:

Paolla tem dublê na novela?

Apesar de fazer várias de suas cenas de ação na novela, Paolla Oliveira também contou com a ajuda de uma dublê profissional em suas cenas mais ousadas da novela Cara e Coragem. A escolhida para a tarefa foi Roberta Felipe, com quem Oliveira já trabalhou em A Força do Querer, trama em que a atriz vivia uma policial.

Além disso, Roberta já foi dublê de outras famosas das telinhas da Globo. Ela fez cenas para as atrizes Camila Pitanga e Glória Pires em Babilônia, Ana Cecília Costa e Nathália Dill, em Rock Story e Adriana Esteves em Avenida Brasil.

Hoje com 37 anos de idade, Roberta contou ao Notícias da TV, em 2017, que caiu de paraquedas no mundo dos dublês. A atriz ia muitas vezes ao Projac para fazer papel de figuração em produções da casa, até que precisou fazer cenas de ação no filme Tropa de Elite (2007). Ela conheceu o ofício e desde então não parou mais de se dedicar a área.

Roberta falou durante o mesmo bate papo que não pretende buscar papéis para atuar no futuro, ela prefere seu trabalho cheio de adrenalina dos bastidores.

Dublê
Atriz com dublê em a força do querer (2017) e paolla oliveira em cara e coragem (2022) – foto: reprodução/arquivo/globo

 

Leia também

+Música de abertura de Cara e Coragem é dos Paralamas do Sucesso; saiba qual

++História novela Cara e Coragem: autora Claudia Souto revela inspiração

+++Personagens Cara e Coragem: quem é quem no elenco da trama das 7

Você pode gostar também