Quem Tenório matou em Pantanal? Vilão se vingou na infância

Personagem foi destaque em novo capítulo da trama, que mostrou passado do vilão.

Durante uma roda de viola em um dos capítulos da novela Pantanal, o passado de Tenório foi apresentado ao público. Muita gente não sabia que o vilão era filho de boias-frias que morreram e que ainda criança se vingou pela morte dos pais. Roberto, filho mais novo de Zuleica, tem investigado quem Tenório matou em Pantanal ao descobrir mais detalhes sobre o acidente que marcou a vida do personagem de Murilo Benício.

Quem Tenório matou em Pantanal na infância?

Um “gato” foi quem Tenório matou em Pantanal quando ainda era criança. Para quem não sabe o que significa o cargo, “gatos” são aquelas pessoas que trabalham como chofer de caminhões que alugam boias-frias para trabalhar na lavoura. “Uma espécie de empreiteiro de mão de obra”, explicou José Leôncio sobre o ofício no folhetim.


Com as reportagens que Roberto encontrou sobre o assunto, é possível descobrir que o nome do gato quem Tenório matou em Pantanal era Josenildo Telles. Ele trabalhava para uma empreiteira no Paraná e dirigia o caminhão em que os pais de Tenório eram levados para a roça. Certo dia, Josenildo perdeu o controle da direção, um acidente então aconteceu na estrada e muitos boias-frias morreram, mas o chofer escapou com vida.

Tenório tinha entre 10 e 12 anos na época e resolveu se vingar da morte dos pais. Por isso, ele matou o gato e depois fugiu. Ele não foi preso pelo crime, mas segundo a canção, ele sentiu remorso ao conhecer o filho do chofer, que também era uma criança.

Na trama de Pantanal, Roberto pesquisa mais sobre o assunto e fica chocado com os detalhes do passado do pai. Na roda de viola, Trindade canta a história do vilão, que se emociona. Depois da música, ele segue até o carro e chora sozinho com as lembranças de tudo.


Cena
Chofer foi quem tenório matou em pantanal – foto: reprodução/globo

Mortes causadas por Tenório em Pantanal

Chico, Maria Marruá, Gil, o pai de Muda e o pai de Alcides foram todos mortos por culpa do personagem de Murilo Benício. Nenhum deles é de fato alguém quem Tenório matou em Pantanal, pois o vilão não sujou as próprias mãos, mas todas essas mortes são culpa do vilão.

Para quem não lembra, Tenório aplicou um golpe no Paraná, que resultou em uma luta de terras. Ele vendeu terras que não eram suas, pegou o dinheiro e fugiu. Durante o conflito pelo lugar, Chico, filho de Maria e Gil, morreu, assim como o pai de Alcides. Gil resolveu se vingar pela perda do filho e quem acabou morto foi o pai de Muda.

Mais tarde, o passado de Maria e Gil os seguiu até o Pantanal. Ele morreu primeiro por causa de um jagunço e anos mais tarde Maria também foi assassinada. Se não fosse por Tenório, as famílias de Muda e Juma ainda poderiam estar inteiras.

Relembre:


Vilão vai contratar matador de aluguel

Mais algumas pessoas irão morrer, ou quase, na novela e tudo será por culpa de Tenório novamente. O vilão irá contratar o matador de aluguel Solano nos próximos capítulos do folhetim e causará destruição. O jagunço vai atirar em Zé Lucas, que só irá sobreviver por conta dos cuidados do Velho do Rio.

Além disso, o matador vai tirar a vida de Roberto, filho caçula de Tenório. Esta é uma mudança em relação a trama de 1990. No original, o rapaz é devorado por uma sucuri, mas em 2022 será vítima de Solano após fazer muitas perguntas sobre o crime contra Zé Lucas, segundo a jornalista Patrícia Kogut do O Globo.

Maria Bruaca e Alcides vão sofrer na mão de Tenório, o peão será até castrado, mas a dupla irá sobreviver. Tenório tentará matar José Leôncio e toda a família do pecuarista, mas não irá conseguir.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.