Zé Lucas Pantanal 1990 morre? Peão foi primeira vítima de matador

Personagem foi interpretado por Paulo Gorgulho na tela da Manchete.

Se mais passos da versão original de Pantanal da Manchete se repetirem no remake da TV Globo, o primogênito de José Leôncio correrá grande perigo em breve. Zé Lucas Pantanal 1990 morre? Na trama original, o personagem ficou entre a vida e a morte após a chegada de um novo peão, um matador de aluguel.

Zé Lucas Pantanal 1990 morre na novela Pantanal?

Quem acha que Zé Lucas Pantanal 1990 morre está errado, o peão sobreviveu ao atentado contra sua vida na trama de Benedito Ruy Barbosa. No entanto, não foi nada fácil continuar no mundo dos vivos. Para quem não se lembra, Zé Lucas desapareceu após ser baleado por um jagunço, ficou entre a vida e a morte e precisou dos cuidados do Velho do Rio para sobreviver.

Tudo aconteceu por culpa de Tenório, que contratou um matador de aluguel para acabar com a família de Zé Leôncio. Na versão original, o mau-caráter se chamava Teodoro, mas em 2022 o nome do personagem foi alterado para Solano.

Com interesse em ficar com as terras do pecuarista, Tenório decide acabar com a família Leôncio. Zé Lucas é a primeira vítima. Ele desaparece logo após ser baleado e por isso causa preocupação. Alcides, que nesta fase da história está trabalhando para Zé Leôncio e não Tenório, escuta o atiro e avisa todos da fazenda. O peão levanta a possibilidade de Zé Lucas ter sido pego por um matador, já que não é encontrado em lugar nenhum.

Neste ponto da trama, também há outro acontecimento importante. Irma está grávida de Trindade e por causa disso começa a herdar alguns dos poderes do violeiro que tem pacto do diabo. Ela passa a ter algumas premonições sobre a morte de Zé Lucas, o que deixa todos ainda mais aflitos.

Zé Leôncio e os demais vão atrás de Zé Lucas, mas a busca é inútil. Porém, como o rapaz não morre, antes tarde do que nunca ele retorna sozinho para a fazenda. Durante o tempo em que ficou desaparecido, o primogênito foi tratado pelo Velho do Rio. Ao se recuperar, ele retorna e conta tudo para a família.

Como será tentativa de assassinato no remake?

Por enquanto, se espera que a história de Zé Lucas no remake seja igual a de 1990. Por enquanto, o autor Bruno Luperi não mudou o rumo da trama do personagem de Irandhir Santos, que tem repetido fielmente os passos da versão original. Além disso, nenhuma informação da Globo apresenta alguma novidade sobre uma possível morte do primogênito no remake. Por isso, é provável que ele sobreviva ao tiro de Solano na versão de 2022.

Para quem não sabe, se nada mudar entre as versões, o final de Zé Lucas será ao lado de Irma. Ele se aproximará da mulher depois que ela der a luz e Trindade for embora da fazenda de Zé Leôncio para sempre. Os dois vão se apaixonar e ficarão noivos.

Personagens
Zé lucas pantanal 1990 morre? Para sua sorte, personagem sobrevive aos planos de teodoro (centro) e tenório (à direita) – foto: reprodução/manchete

O que aconteceu com o matador na versão de 1990?

O matador que quase tirou a vida de Zé Lucas em 1990 não teve um final agradável na obra de Benedito Ruy Barbosa. Nas cenas originais, ele é assassinado por Juma, que se transforma em onça para se defender do jagunço. Tudo acontece na tapera, quando a moça é encurralada pelo matador.

Juma está grávida e é ameaçada pelo funcionário de Tenório. O jagunço diz que fará mal a Juma, mas que esperará pelo parto da moça, para que ele possa matar o “filhote” antes. Juma então se transforma em onça e acaba com a raça do matador de aluguel.

No dia seguinte, Tibério e Muda chegam até a tapera e avistam Juma com o corpo do jagunço. A filha de Maria Marruá diz que ele foi morto por um onça durante a noite e que pretendia jogar o corpo no rio para ser devorado pelas piranhas.

Juma e o matador
Zé lucas pantanal 1990 morre? Personagem sobrevive e quem acaba com o matador é juma – foto: reprodução/manchete

 

Leia também

Qual novela vai substituir Pantanal na Globo?

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.