Dia 8 de março é feriado? Conheça a história da data

O Dia Internacional da Mulher é um feriado nacional em muitos países

Por mais de um século, pessoas em todo o mundo têm marcado o dia 8 de março como um dia especial para as mulheres. Mas o Dia 8 de março é feriado no Brasil? Em vários países, a data também representa um dia de folga.

Mas muito além disso, O Dia Internacional da Mulher é uma data global que celebra as conquistas sociais, econômicas, culturais e políticas das mulheres. O dia também marca um apelo à ação para acelerar a paridade de gênero. Atividade significativa é testemunhada em todo o mundo, à medida que grupos se reúnem para celebrar as conquistas das mulheres ou protestar pela igualdade das mulheres.

+ Por que o Dia Internacional da Mulher é comemorado em 8 de março?

Dia 8 de março é feriado

Embora seja uma data importante ao redor do mundo, o dia 8 de março não é feriado – pelos menos no Brasil não.

O Dia Internacional da Mulher é um feriado nacional em muitos países, incluindo a Rússia, onde as vendas de flores dobram durante os três ou quatro dias por volta de 8 de março.

Na China, muitas mulheres recebem meio dia de folga no dia 8 de março, conforme recomendado pelo Conselho de Estado.

Na Itália, o Dia Internacional da Mulher, ou La Festa della Donna, é comemorado com a entrega de flores de mimosa. A origem desta tradição não é clara, mas acredita-se que tenha começado em Roma após a Segunda Guerra Mundial.

Nos EUA, o mês de março é o Mês da História da Mulher. Uma proclamação presidencial emitida todos os anos homenageia as conquistas das mulheres americanas.

História do Dia Internacional da Mulher

Por que o dia internacional da mulher é comemorado em 8 de março
Por que o dia internacional da mulher é comemorado em 8 de março – foto: reprodução

O Dia Internacional da Mulher surgiu do movimento trabalhista para se tornar um evento anual reconhecido pelas Nações Unidas.

As sementes foram plantadas em 1908, quando 15.000 mulheres marcharam por Nova York exigindo menos horas de trabalho, melhores salários e direito ao voto. Um ano depois, o Partido Socialista da América declarou o primeiro Dia Nacional da Mulher.

Foi Clara Zetkin, ativista comunista e defensora dos direitos das mulheres, que sugeriu a criação de um dia internacional. Ela apresentou sua ideia a uma Conferência Internacional de Mulheres Trabalhadoras em Copenhague em 1910 – e as 100 mulheres lá, de 17 países, concordaram com isso por unanimidade.

O Dia Internacional da Mulher foi celebrado pela primeira vez em 1911, na Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça. O centenário foi comemorado em 2011, então este ano estamos tecnicamente comemorando o 111º.

As coisas foram oficializadas em 1975, quando as Nações Unidas começaram a comemorar o dia. O primeiro tema adotado (em 1996) foi “Celebrando o Passado, Planejando o Futuro”.

O Dia Internacional da Mulher tornou-se uma data para celebrar até onde as mulheres chegaram na sociedade, na política e na economia, enquanto as raízes políticas do dia significam que greves e protestos são organizados para aumentar a conscientização sobre a desigualdade contínua.

Aproveite e siga o DCI no Google News

Você pode gostar também